Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

2ª edição do Projeto “Praia Limpa” movimentou Praia do Araçagi no fim de semana

A ação, que sensibilizou frequentadores, donos de bares e comerciantes, incentivou a limpeza e a coleta seletiva do lixo

(Foto: Divulgação)

Foi realizada, no sábado e domingo (12 e 13), a 2ª edição do Projeto Praia Limpa, que aconteceu na praia do Araçagi. A ação, que sensibilizou frequentadores, donos de bares e comerciantes, incentivou a limpeza e a coleta seletiva do lixo. O trabalho de sensibilização e mobilização foi realizado, em toda a extensão da praia, por equipes de monitores formadas por voluntários e instituições parceiras do projeto.

Em vários pontos, foram colocadas lixeiras recicláveis, para receber o lixo depositado pelos frequentadores, além de dispositivos em que o cidadão podia adquirir um saquinho para carregar o seu lixo. Para os motoristas, foram entregues adesivos sobre o projeto.

A iniciativa causou reação em quem recebia a abordagem dos monitores. Para a bancária Claudenir Campos, a ação ensina pela prática. “Ver os monitores coletando o lixo é uma lição pra quem vem à praia e deixa dejetos”, observou. Já o funcionário público Francisco Trindade, que trouxe sua família para desfrutar do domingo, achou interessante a colocação de pontos com lixeiras recicláveis para que o público pudesse descartar seu lixo: “Se você vê a lixeira, naturalmente você utiliza, mas, se não vê, acaba deixando na praia. As autoridades públicas deveriam imitar essa iniciativa. Temos que ter lugares adequados para botar o lixo. A distribuição do saquinho de lixo também foi muito interessante”, disse.

(Foto: Divulgação)

De acordo com o coordenador do projeto “Praia Limpa”, Liviomar Macatrão, o resultado da iniciativa superou as expectativas. “Tivemos a colaboração de muita gente, graças ao forte trabalho de divulgação que assessoria do projeto realizou. Vieram pessoas que se voluntariaram por meio das redes sociais. Também tivemos colaboração dos próprios frequentadores que se dirigiram às lixeiras. Tivemos um alcance muito positivo, tanto do ponto de vista da conscientização quanto do lixo coletado, que dessa vez alcançou cerca uma tonelada”, constatou Liviomar.

Entre os monitores do projeto, havia pessoas de várias faixas etárias. A estudante Ana Clara Pereira da Silva, de 14 anos, participou como voluntária por achar importante, a ação. “Foi uma experiência estimulante, gostei muito de participar e quero me voluntariar para o próximo”, afirmou. O lixo coletado e selecionado foi entregue à COOPRESL (Cooperativa de Reciclagem de São Luís), que trabalha com reciclagem de papel, metal e plástico e é parceira desde a primeira edição do projeto. Também foram parceiros “A Renovar”, “Suzano – Papel e Celulose” e o Banco do Nordeste

 

Carregando