Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dr. Gutemberg parabeniza professores e lembra Projeto de Lei em defesa da classe

Projeto cria um canal de comunicação para denúncia de agressões aos educadores da rede pública municipal de São Luís.

Dr. Gutemberg Araújo, parabenizou os professores de São Luís (Foto: Divulgação/Assessoria)

Em homenagem ao Dia do Professor, celebrado nesta terça-feira (15), o vereador e professor do curso de medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Dr. Gutemberg Araújo, parabenizou os professores de São Luís, e lembrou o Projeto de Lei em defesa da classe.

“A todos vocês que moldam as mentes do futuro, que educam, cuidam dos nossos filhos, o nosso agradecimento. E fica meu apelo para que os professores de todo o país sejam mais valorizados, com salários dignos e que os problemas estruturais das nossas escolas sejam resolvidos. Precisamos de salas de aula em que não chova, quadras que não ofereçam perigo, telhados que não estejam por desabar. Enfim, o Estado do Maranhão, com as Escolas Dignas, já avançou muito nesta questão, e podemos avançar ainda mais”, declarou o parlamentar.

Na oportunidade, Dr. Gutemberg mencionou outro ponto importante em defesa dos professores. Ele destacou que o Brasil lidera o ranking de agressões contra docentes, de acordo com pesquisa feita pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre violência em escolas com mais de 100 mil professores. Dentre os professores ouvidos, 12,5% afirmaram ser vítimas de agressões verbais ou intimidações de alunos.

Para combater a violência contra os professores, Dr. Gutemberg criou o projeto de Lei nº 145/2019 que cria um canal de comunicação (Disque Denúncia) para denúncia de agressões aos educadores da rede pública municipal de São Luís e dá outras providências.

“A violência no ambiente escolar ocorre de diversas formas, seja pelo bullying ou por agressões físicas Sabemos qual escola tem a melhor nota, mas não procuramos entender o clima escolar dentro desses ambientes. O poder público precisa oferecer propostas e subsídio financeiro para o desenvolvimento de projetos voltados à cultura de paz nas escolas”, finaliza Dr. Gutemberg.

Carregando