Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Com os investimentos de mais de R$90 mi, Coca-Cola lança novas embalagens retornáveis no Maranhão

A ampliação de retornáveis conecta o plano de negócio da Coca-Cola aos objetivos de sustentabilidade

Foto: Reprodução

Elas são resistentes e podem ser reutilizadas até 25 vezes. As novas embalagens retornáveis, chamadas refpets, foram apresentadas na segunda-feira (11), em solenidade que reuniu diretores do Grupo Solar Coca-Cola, autoridades estaduais e imprensa, na fábrica da Companhia, em São Luís.

A embalagem PET retornável é feita de resina com algumas propriedades diferentes, o que reduz a produção de novas embalagens em 70 milhões de garrafas por ano no Brasil. Com o novo produto, essa quantidade que deixa de ser produzida reflete em ganho ambiental, não só na diminuição da geração de resíduos, mas também na emissão de carbono.

Outra novidade está no envase. A linha de PET retornável irá operar como o modelo de garrafa universal, que unifica o formato das embalagens de todos os refrigerantes. O modelo é mais leve do que o tradicional (redução de 14% na gramatura) e garante ganhos para o meio ambiente e para o consumidor, pois o produto passa a ser fabricado com custo menor.

A ampliação de retornáveis conecta o plano de negócio da Coca-Cola aos objetivos de sustentabilidade, que inclui ainda o compromisso de coletar e reciclar o equivalente a 100% das embalagens que coloca no mercado até 2030.

Carregando