Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Estudante da Rede Estadual vence concurso de redação promovido pela CGU

Franzelia é mãe de três crianças, e reconhece a importância da escola pública para as transformações sociais.

Franzelia Almeida da Silva, estudante do Centro de Ensino Ribeiro do Amaral, ficou em 1º lugar no Concurso de Redação da CGU (Foto: Divulgação)

Franzelia Almeida da Silva, estudante do Centro de Ensino Ribeiro do Amaral, escola da rede pública estadual localizada no município de São José de Ribamar, ficou em 1º lugar no Concurso de Desenho e Redação, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU), na categoria EJA – Redação. A vencedora recebeu o prêmio no centro de ensino em que estuda.

Franzelia, que é mãe de três crianças, reconhece a importância da escola pública para as transformações sociais e revelou que representar o Maranhão em um concurso de redação promovido pela CGU foi de grande importância para a sua vida, pois o prêmio conquistado serve também de inspiração para os seus filhos.

“Eu me senti muito honrada por ter recebido esse prêmio. Reconheço a importância da educação pública em nossas vidas. Só o fato da minha redação ter sido escolhida pela escola para representar o Maranhão foi um privilégio muito grande. Esse é um legado que vou deixar para os meus filhos, para que eles tenham orgulho de mim. Eu agradeço primeiramente a Deus e a todos que proporcionaram esse grande momento”, revelou.

A iniciativa é direcionada a estudantes regularmente matriculados em escolas públicas e privadas de todo Brasil. Este ano, o evento chegou à sua 11ª edição e teve como tema “Faça o que é certo, ainda que ninguém veja”. O concurso premiou a estudante maranhense Franzelia Almeida com um tablet e um certificado de reconhecimento da CGU, pela redação intitulada “Cordel da boa conduta”.

A professora Neli Sheila Gomes Ramos, que orientou a estudante, ressaltou a importância do evento para as escolas. “A participação dos alunos em concursos de redação é muito importante, pois proporciona o debate de temas relevantes para a nossa sociedade, como a ética, por exemplo, no espaço escolar. Além disso, é um incentivo para se tornarem escritores proficientes”, concluiu.

A gestora geral do CE Ribeiro do Amaral, Rosenilde Ferreira Pereira, afirmou que a participação e a premiação no concurso ativaram nos estudantes e professores o sentimento de luta para vencer obstáculos educacionais, quase intransponíveis.

“Tanto a participação quanto a premiação alcançada neste concurso ativou em nossos alunos e professores o sentimento e reconhecimento de sermos capazes, vencedores. Visualizar no brilho dos olhos dos alunos da Educação de Jovens e Adultos o reacender da chama da esperança, através da educação e da construção do conhecimento, nos faz acreditar que juntos podemos fazer a diferença na vida de cada um deles”, assegurou.

O Concurso de Desenho e Redação é realizado todos os anos e dividido em categorias. Do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, os estudantes concorrem com trabalhos do tipo “Desenho”. Nas categorias de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e 1º ao 3º ano do Ensino Médio, incluindo a modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), os participantes concorrem com trabalhos do tipo “Redação”.

Carregando