Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

5 dicas para escolher a profissão que mais combina com você

Escolher a profissão não é tão simples como parece

(Foto: Ilustração)

Escolher a profissão não é tão simples como parece, pois além de conhecer as opções de curso para especialização no mercado é importante ter a certeza de que é exatamente aquele caminho que deseja seguir.

Uma pesquisa divulgada em 2018 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), com base no Censo de Educação Superior, mostrou que 56% dos estudantes desistem no meio do caminho ou trocam o curso durante a graduação.

Entre os fatores que influenciam na desistência, a falta do autoconhecimento e a falta de pesquisas sobre os cursos são realidades que afetam muitos jovens. Se você está na dúvida sobre qual caminho seguir, veja abaixo algumas dicas para descobrir qual a profissão que mais combina com você.

Pesquise sobre as profissões e carreiras

Tudo começa com uma boa pesquisa. Pesquise sobre as áreas que estão em ascensão no mercado, aquelas que você já tem um certo interesse e pesquise também sobre as profissões que você não tem interesse em atuar.

Obter o máximo de informações possíveis nos leva a encontrar outras possibilidades e conhecer, até mesmo aquela área que você não gosta, pode ser uma surpresa.

Procure descobrir também quais são as etapas para o crescimento profissional dentro de cada carreira. É importante para saber quais especializações você precisará ao decorrer do tempo.

Converse com profissionais da área

Tão importante quanto pesquisar sobre as profissões e os planos de carreira é conversar com quem já faz parte dela. Converse com profissionais experientes para sentir como está o mercado, quais os desafios que eles enfrentam no dia a dia e saber os altos e baixos da carreira.

Esses profissionais podem mostrar uma realidade que alinhará ou não com as suas expectativas. Além de ser uma oportunidade para começar desde cedo a fazer networking.

Reflita sobre os seus interesses pessoais

Em que você é muito bom ou muito boa? Pense sobre como você é no dia a dia, se gosta de estar rodeado (a) de pessoas ou prefere mais privacidade. Tem pessoas que são muito boas em esportes, mas tem pavor de falar em público.

Reflita sobre suas ambições pessoais, o que é mais importante para você dinheiro ou reconhecimento profissional? É importante você pensar em qual momento você se encaixa e depois cruzar com as profissões que têm as mesmas características. O que nos leva para o próximo tópico.

Faça um teste vocacional

O teste vocacional serve para explorar os seus talentos e cruzar com as áreas que mais combinam com você. Não é uma verdade absoluta, mas com certeza ajuda muita gente a decidir um caminho.

No teste vocacional da Catho Educação, por exemplo, tem como base a Teoria das Inteligências Múltiplas desenvolvida pelo psicólogo Howard Gardner. Ele propõe 8 tipos de inteligências, pelo qual o teste identifica o seu perfil entre elas e, a partir disso, você consegue identificar os seus talentos.

Para Fernando Gaiofatto, gerente da Catho Educação, por meio das respostas do questionário é possível reconhecer os próprios talentos, ter um leque de opções em que se identifique e assim conseguir tomar a decisão mais assertiva possível.

“Diante das diversas possibilidades de cursos, bem como o bombardeio constante de informações, fica cada vez mais difícil para o jovem fazer uma escolha que traga satisfação para a vida profissional. É exatamente neste momento que o jovem pode recorrer ao teste vocacional, para verificar interesses e de que forma eles se alinham a traços da nossa personalidade”, afirma.

Não tenha medo de errar

Todos nós mudamos ao longa da vida e pode ser que essa mudança ocorra no momento da sua carreira. Pode ser que você se descubra em outra área totalmente diferente e caso isso aconteça: tudo bem! A mudança e os erros fazem parte da vida e o importante é que você busque o curso e a profissão que faça você se sentir realizado (a) hoje.

Carregando