Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Kátia Bogéa é exonerada da presidência do Iphan

Para o lugar de Kátia Bogéa, o governo Federal nomeou Luciana Rocha Feres, em ato também já publicado no DO.

Kátia Bogéa não é mais presidente do Iphan (Foto: Divulgação)

Kátia Santos Bogéa não é a mais a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan). A exoneração foi publicada do Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Para o lugar de Kátia Bogéa, o governo Federal nomeou Luciana Rocha Feres, em ato também já publicado no DO.

Kátia Bogéa ocupava o posto de presidente do Iphan desde 2016, em sua segunda passagem Instituto. Antes, ela havia sido superintendente da autarquia federal no Maranhão no período de 2003 a 2015.

A nova presidente do Iphan, Luciana Rocha Feres é Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável (PPGACPS/UFMG) e bolsista/pesquisadora da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Possui mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (2002), especialização em Revitalização Urbana e Arquitetônica (1999) e graduação em Arquitetura e Urbanismo pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix (1995). Foi Gerente de Cultura do SESC em Minas Gerais (2017-2019).

Carregando