Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Adelmo Soares apresenta o Selo “Gosto do Maranhão na Assembleia Legislativa

O selo tem a finalidade de fortalecer as identidades sociais e produtivas da agricultura familiar maranhense.

Adelmo Soares apresentou aos parlamentares a farinha de mandioca itapecuruense (Foto: Divulgação)

Na última sexta-feira (6), o Governo do Maranhão, por meio do Sistema da Agricultura Familiar (formado por SAF, Agerp e Iterma), em parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), realizou a apresentação do primeiro produto com o Selo da Agricultura Familiar “Gosto do Maranhão”. A farinha de mandioca produzida pela Cooperativa Mista das Áreas de Reforma Agraria do Vale do Itapecuru (Coopevi) do Assentamento Cristina Alves, em Itapecuru-Mirim, recebeu o selo que tem a finalidade de fortalecer as identidades sociais e produtivas da agricultura familiar maranhense.

O deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB), defensor da agricultura familiar e além de parceiro dos movimentos sociais maranhenses, aproveitou a oportunidade para apresentar aos colegas parlamentares a farinha de mandioca itapecuruense, além de propagar no parlamento a causa e a finalidade que carrega o Selo “Gosto do Maranhão”.

“Hoje a nossa manhã foi de ideias plantadas em prol da agricultura familiar do nosso estado. Tivemos essa oportunidade de apresentar, junto aos amigos do MST, o Selo “Gosto do Maranhão” para os colegas os colegas do parlamento, visando a colaboração da Assembleia Legislativa à causa da agricultura familiar maranhense. É motivo de muita felicidade ver que o Governo do Maranhão está sempre em diálogo com as entidades da agricultura familiar e com os movimentos sociais. Por isso, parabenizo o governador Flávio Dino, o Sistema SAF, a FETAEMA, a ACONERUQ, o MST, o MIQCB, a FETRAF e todos os que contribuíram para a realização deste sonho. É a voz dos agricultores e agricultores que agora ganha vez no parlamento”, frisou o deputado Adelmo Soares.

Carregando