Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusado de homicídio, lutador de Jiu-Jitsu é preso

O lutador será encaminhado para o Sistema Penitenciário, onde aguardará recambiamento para a Paraíba.

Wilson Batista da Cunha Filho foi preso no Golden Shopping (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, no início da noite deste sábado, 14, no Golden Shopping, no bairro do Calhau, em São Luís, o indivíduo identificado pelo nome de Wilson Batista da Cunha Filho, natural do estado do Pará.

Wilson Batista é lutador de Jiu-Jitsu e estava na cidade para participar de um evento de artes marciais, que acontece neste fim de semana no shopping. Ele foi preso no exato momento em que chegava para a competição.

Segundo relatado pela polícia da Paraíba, Wilson Batista é acusado de matar Francisco Caetano da Silva Júnior, de 43 anos, com golpes de artes marciais, após imobilizá-lo e socá-lo até a morte. O crime ocorreu na cidade de Catolé do Rocha/PB, no mês de outubro deste ano, e teria sido motivado por uma desavença antiga entre os dois.

A Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa do Maranhão recebeu informações da Polícia Civil
da Paraíba de que Wilson estava em São Luís para participar do evento de artes marciais. Equipes do Plantão Central de Homicídios e do Departamento de Homicídios da capital fizeram campana no shopping para efetuar a prisão do acusado.

O lutador foi preso e conduzido para a SHPP, e depois será encaminhado para o Sistema Penitenciário, onde aguardará recambiamento para a Paraíba.

Carregando