Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Natal movimenta terminal rodoviário e transporte alternativo na capital

A equipe do JP verificou que os destinos mais procurados são os municípios da Baixada Maranhense, Balsas, Codó, Tutóia, Teresina e Fortaleza.

Natal é época de passar com a família, amigos, e celebrar a vida. Movidas por este sentimento, muitas pessoas viajam nessa época do ano para o interior do Maranhão e também para outros estados. Percorrendo o Terminal de Rodoviário de São Luís e o ponto de saída de vans, na rotatória do São Cristóvão, a equipe do Jornal Pequeno verificou que os destinos mais procurados são os municípios da Baixada Maranhense, Balsas, Codó, Tutóia, Teresina e Fortaleza.

Rodoviária de São Luís e o ponto de saída das vans, no São Cristóvão, registraram grande movimentação às vésperas do Natal (Foto: Gilson Ferreira)

O motorista de van Willian da Rocha Sousa disse que o Natal é uma das datas do ano de maior movimento para a categoria. “A expectativa está boa. Os passageiros têm deixado para viajar em cima da hora. Nossos destinos principais são Chapadinha, Santa Rita e Barreirinhas. O engarrafamento já está grande, mas conseguimos fazer duas viagens por dia”, concluiu.

Para o motorista de van Marcos Antônio, o Natal de 2018 foi mais lucrativo em relação ao de 2019. “Movimento mais ou menos este ano. Ano passado foi melhor. Nosso destino é São Vicente Férrer. Gastamos 5 horas de viagem porque a estrada está péssima, e com isso só consigo fazer uma ida e uma volta”, lamentou.

A van é o transporte escolhido há anos pela aposentada Maria Valina, que vai com uma filha e dois netos para Matões do Norte passar o Natal na casa de familiares. “Eu gosto de andar de van, nem sei explicar o porquê. Sou de Santa Rita, mas vamos todo ano para Matões passar o Natal com a família”, destacou.

Maria de Lourdes do Nascimento também viaja de van frequentemente. Ela e o esposo vão passar o Natal reunidos com parentes em Rosário. Dona Maria não mede esforços para passar a data com a família. “Quem tem família é bom aproveitar a oportunidade. Não tenho mais a minha mãe, mas sempre dei valor a ela. Quem tem sua família que esteja sempre perto. Porque, quando a gente perde, sofre muito”, frisou.

O terminal rodoviário também ficou bem movimentado na véspera do Natal. Viajar de ônibus foi uma escolha, por exemplo, de Josenildo Oliveira Lopes, que optou ir para Bacabal com a família passar o Natal na casa de parentes. “Fazia muito tempo que não ia de ônibus. Costumava ir de carro próprio. Este ano vai ser diferente. Espero que o Natal seja maravilhoso, tudo de bom”, ponderou.

A família de Isaque Andrade também escolheu ir de ônibus para Viana passar o Natal com a família. “Optei pelo ônibus devido à segurança. A viagem é mais confortável também. Natal é família. Que possamos estar cada vez mais próximos da nossa família, das pessoas, ajudando e sempre fazendo o bem”, declarou.

A equipe do Jornal Pequeno apurou que o fluxo foi bem intenso na rodoviária de São Luís no fim de semana. Muitas pessoas se anteciparam para garantir a passagem e não correr o risco de não viajar. Houve muitos ônibus extras para atender à demanda. Em alguns quiosques, não havia mais disponibilidade de passagem para os municípios próximos de São Luís. Só uma empresa teve que colocar quatro ônibus extras para Teresina.

O agente de viagens Thialis Santiago avaliou positivamente a venda de passagens no período natalino. “A procura foi grande. Principalmente para os estados do Piauí e Ceará. A maioria dos passageiros garantiu a passagem de ida e vinda. Esperamos que o movimento aumente ainda mais até o dia 31 de dezembro, que é uma data bem procurada. Ainda temos passagem. Se houver lotação, a empresa vai fornecer carro extra”, concluiu.

Carregando