Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Prefeitura de São Luís superou meta de imunização de idosos contra Influenza/H1N1

Estratégias como vacinação em drive thur e por ordem alfabética contribuem para o êxito da campanha sem aglomerações

Prefeitura de São Luís imuniza 90% dos idosos aptos à vacinarem contra Influenza/H1N1 em menos de duas semanas (A. Baeta)

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a gripe (Influenza A/H1N1) que tem como um dos grupos de risco idosos a partir dos 60 anos imunizou, em menos de duas semanas,  94,93% deste público-alvo em São Luís. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 75.824 doses foram aplicadas até a última terça-feira (7) e a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde foi alcançada em tempo recorde. Ainda resta menos de 4 mil idosos para serem vacinados até o próximo dia 16, quando encerra a etapa de imunização para esse público específico, para crianças maiores de seis meses e menores de seis anos e profissionais da área de saúde; e inicia-se para outro grupo. O resultado é reflexo do empenho da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior em proteger os mais vulneráveis para a gripe causada pelo H1N1.

A Prefeitura continua imunizando idosos, a partir de 60 anos; crianças de 6 meses a menores de 6 anos; e profissionais de saúde, exclusivamente, até o próximo dia 16. Na atual etapa, o município está ofertando a dose contra o H1N1 para pessoas do público-alvo que tenham nomes com iniciais de E a J. Este cronograma valerá esta quinta-feira (9) quando serão vacinados aqueles com nome iniciado com a letra J. Nesta quinta-feira (9) também acontece, das 9h às 12, vacinação voltada para caminhoneiros. Para este público o local de vacinação será o Posto Paizão, próximo à entrada da Vila Maranhão.

O público idoso que deve receber a vacina é formado por 79.874 pessoas. Para atingir a cobertura estipulada (90% do público-alvo) pelo Governo Federal, responsável por organizar a campanha e distribuir as doses para os estados e municípios, a Prefeitura de São Luís adotou medidas como a vacinação em domicílio – para idosos acamados e com baixa mobilidade; e o sistema drive thru – onde os idosos podem se dirigir até a área de provas do Detran, no Complexo Castelinho, sem precisar sair do carro. Além disso, a Prefeitura, por meio da Semus, também decidiu organizar a vacinação por ordem alfabética – estratégia que possibilitou maior controle do público nos postos montados especialmente para a vacinação e que evitou aglomeração de pessoas, diminuídos o risco de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19).

A alta adesão é um resultado ainda mais positivo neste momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19) – motivo pelo qual o Ministério da Saúde antecipou a campanha nacional, que seria iniciada apenas no fim deste mês. A vacina não garante proteção contra a Covid-19. Na verdade, ao proteger a população do Influenza/H1N1, menos gente necessita de hospitalização, o que ajuda o sistema de saúde a reservar esforços para o novo coronavírus, além de auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. Por isso, a Prefeitura de São Luís continua reforçando a importância das pessoas aderirem à imunização, de acordo com o cronograma municipal que vem sendo executado.

MUNIZAÇÃO

O cronograma de vacinação atual é o seguinte:

– Dia 9/04: idosos e crianças cujo nome começa pela letra J

O cronograma com as demais letras será informado em breve, mas está garantido. A Semus também está realizando vacinação domiciliar, agendadas, nas áreas de influência das unidades de saúde, bem como condomínios cadastrados.

Para facilitar a vida dos usuários e evitar aglomerações desnecessárias, a pasta disponibilizou um email para síndicos e/ou responsáveis legais por condomínio. A pasta orienta que o interessado encaminhe email para influenza2020.semus.slz@gmail.com. Deve ser informado, no contato, o nome do condomínio.

Nos condomínios, somente crianças no público-alvo e idosos acima de 60 anos serão imunizados. Os responsáveis por estes espaços de moradia também poderão ligar para um dos seguintes números: (98) 984243338, (98) 985175284, (98) 988873666, (98) 988167776 e (98) 983526576.

Os números também valem para para agendamento de vacinação aos acamados.

Os postos de vacinação desta etapa da campanha estão funcionando exclusivamente nas seguintes unidades de ensino:

1. Colégio Militar Tiradentes  – Rua Gabriela Mistral, S/Nº, Vila Palmeira
2. IEMA – Rua Oswaldo Cruz, Centro (antigo colégio Marista)
3. CE João Paulo II – Avenida 5, s/n. Turu.
4. UI Padre Newton Pereira -Av. Leste Oeste, 500. Cohatrac I
5. UEB Rosalia Freire – Avenida dos Portugueses, 1000. Anjo da Guarda
6. UEB Rubem Almeida – Rua da Mangueira, 400B, Coroadinho.
7. CE Cruzeiro do Sul  -Estrada da Vila Nova, S/Nº, Vila Nova
8. UEB Laura Rosa – Rua Marly Sarney, qd. 10, s/n. Conj. Nice Lobão (Cidade Operária)
9. CE Júlio de Mesquita Filho -Av. 2, S/Nº, Cohab Anil I
10. CE José Nascimento de Moraes – Av. B Qd. 13, S/Nº, Vinhais
11.UEB Ana Lúcia Chaves Fecury  – Rua Santo Antônio, 200. São Bernardo
12.UEB Mariana Pavão –  AV. Contorno, Nº 100, Rio Anil

Carregando