Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Servidores do Detran-MA e despachante são presos em operação da Polícia Civil

Os suspeitos faziam serviços de vistoria, por exemplo, sem o veículo sequer estar presente no Detran.

Suspeitos foram presos na manhã deste sábado (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou a primeira etapa da Operação “Decalque” e prendeu cinco pessoas, na manhã deste sábado, 25, em Chapadinha. Na oportunidade, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e outros cinco de busca e apreensão.

Foram presos os servidores efetivos J. N. M. V., D. P. C. e K. da C. C. M. Os dois primeiros são investigados pela prática de associação criminosa, corrupção passiva majorada e falsidade ideológica majorada. A terceira é investigada por associação criminosa e inserção de dados falsos em sistemas de informação, assim como F. J. C. M., servidora terceirizada que oficia perante a unidade do DETRAN-MA em Chapadinha (MA).

Em relação a K. O. de A., que atualmente exerce a função de despachante, este é investigado pela prática de associação criminosa, contravenção penal de exercício ilegal de profissão, usurpação de função pública majorada, corrupção ativa majorada e falsificação de documento público.

Os suspeitos faziam serviços de vistoria, por exemplo, sem o veículo sequer estar presente no Detran. A prática não ocorria somente em Chapadinha, mãe, também, em outras cidades da região.

Todos os delitos foram praticados em continuidade. Em relação ao último preso (K. O. de A.), foi lavrado, ainda, Auto de Prisão em Flagrante em razão de posse ilegal de arma de fogo.

A investigação se iniciou e contou com a colaboração do próprio DETRAN-MA, por meio do respectivo setor de controle administrativo das atividades sob a determinação da Direção Geral.

Carregando