Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

1.834 novos casos são registrados no Maranhão e 7.117 pessoas já estão recuperadas da Covid-19

46.276 testes já foram realizados. 18.346 casos já foram descartados e há 1.800 suspeitos

O Maranhão registrou, segundo boletim divulgado na noite desta quarta-feira (27), 1.834 novos casos da Covid-19. Foram 123 novos casos registrados na Ilha de São Luís, 114 na cidade de Imperatriz e 1.597 nas demais regiões. 887 pessoas já faleceram e 7.117 pessoa já estão recuperadas. Com isso, o número de casos ativos é de 19.975.

46.276 testes já foram realizados. 18.346 casos já foram descartados e há 1.800 suspeitos. 982 profissionais de saúde já foram infectados. Destes, 889 já estão recuperados e 18 profissionais faleceram.

Internações

18.570 pacientes estão em isolamento domiciliar. 941 pessoas estão em enfermarias, sendo 189 na rede particular e 752 na rede pública de saúde. 464 pacientes estão em UTIs, sendo 107 na rede particular e 357 na rede pública de saúde.

97,39% dos leitos do SUS de UTI em São Luís estão ocupados. Dos 230 leitos totais há apenas 6 disponíveis. Já em relação aos leitos de enfermaria do SUS na capital a taxa de ocupação está em 62,10%.

Em Imperatriz, 87,04% dos leitos do SUS de UTI estão ocupados. 100% dos leitos do SUS de enfermaria na cidade estão ocupados.

Nas demais regiões do estado, 76,11% dos leitos de UTI do SUS estão ocupados. 70,59% dos leitos de enfermaria estão ocupados.

Óbitos

34 óbitos foram registrados no boletim desta quarta. Foram 8 óbitos em São Luís, 3 em Lago da Pedra,  2 em Paço do Lumiar, 2 em Grajaú e 1 óbito em Bacabal, Bequimão, Bom Jardim, Buritirana, Esperantinópolis, Davinópolis, Boa Vista do Gurupi, Pinheiro, Estreito, Turilândia, Lima Campos, Imperatriz, Pedreiras, Peritoró, Itinga do Maranhão, Montes Altos, João Lisboa, Timon e Zé Doca.

567 pessoas que faleceram eram do sexo masculino, o que dá 64% do total de óbitos. 320 pessoas eram do sexo feminino. Em 87% dos óbitos existiam comorbidades. Já em 13% os pacientes não possuíam comorbidades relatadas.

 

 

 

 

 

 

Carregando