Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Pré-candidatos a prefeito terão que sair do governo nesta semana

De acordo com a legislação eleitoral, para entrar na disputa os secretários devem deixar o cargo quatro meses antes das eleições.

Rubens Jr. é pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB (Foto: Divulgação)

Encerra-se na próxima quinta-feira (dia 4) o prazo de desincompatibilização para quem está em cargo público e pretende concorrer ao cargo de prefeito ou vereador. De acordo com a legislação eleitoral, para entrar na disputa os secretários devem deixar o cargo quatro meses antes das eleições.

Para concorrer a vereador o prazo é de seis meses, e quem vai disputar já deve ter deixado o cargo no dia 4 de abril passado, como fizeram os então secretários municipais de São Luís Ivaldo Rodrigues, Canindé Barros e Rommeo Amim.

No Governo do Maranhão, a principal saída será a do pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB, Rubens Júnior, que retorna a seu mandato de deputado federal. Recentemente, o governador Flávio Dino conversou com os secretários que pretendem se candidatar sobre a saída do governo até para se preparar para a substituição. Quem ficar no lugar de Rubens Júnior assumirá a Secretaria de Cidades.

Também devem deixar o governo para disputar prefeituras no interior do estado a secretária de Agricultura Fabiana Vilar Rodrigues, e o secretário de Meio Ambiente, Rafael Ribeiro, que é irmão do deputado André Fufuca, além do presidente do Iterma, Raimundo Lídio

Carregando