Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Marinha encerra retirada da carga do navio encalhado no Maranhão

Segundo a Marinha, nenhum dano ambiental foi registrado durante todo o processo.

Fase de retirada do minério de ferro foi encerrada (Foto: Gilson Ferreira)

A fase de retirada da carga do Navio Mercante Stellar Banner, encalhado na costa do Maranhão desde fevereiro deste ano, foi encerrada, de acordo com a Marinha do Brasil. Foram removidas cerca de 145 mil toneladas de minério de ferro e, agora, foi iniciada a etapa de reflutuação.

O navio encontra-se com inclinação de 13,5 graus, 12 graus a menos após o encalhe, e já é possível visualizar a parte do convés que estava submerso. As atividades continuam em andamento para colocar a embarcação em condições de navegação. Segundo a Marinha, nenhum dano ambiental foi registrado durante todo o processo.

3, 9 mil metros cúbicos de óleo já haviam sido retirados no Stellar Banner, com auxílio do navio “Defender”, e agora a operação foi finalizada com a remoção do restante da carga do minério de ferro.

A Marinha não definiu prazo para a flutuação completa do navio, mas afirmou, em nota:”Os órgãos e empresas envolvidas continuam envidando o máximo de esforços e recursos possíveis, visando solucionar o ocorrido com brevidade, e sempre atendendo as normas e legislação em vigor, priorizando a salvaguarda da vida humana no mar, a proteção do meio ambiente e segurança da navegação”.

O caso

Após zarpar do Terminal Portuário da Ponta da Madeira em São Luís, com destino a China, no dia 25 de fevereiro, o navio mercante Stellar Banner sofreu fissuras no casco.

Após a identificação das rachaduras, a embarcação começou a afundar na costa maranhense, e foi então que o comandante emitiu alerta e decidiu encalhar o navio em um banco de areia.

Carregando