Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Casa de eventos que promovia festa é interditada no Araçagy durante fiscalização

Foram verificadas a obediência aos protocolos sanitários, como os de distanciamento entre mesas, lotação, entre outras medidas

Procon/MA fiscalizou bares e restaurantes durante o fim de semana (Foto: Karlos Geromy)

Em continuidade às ações de fiscalização realizadas após retomada gradual das atividades comerciais de bares e restaurantes, o Procon, Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Detran estiveram nesse sábado (26) em estabelecimentos da Avenida Litorânea. A ação também autuou responsáveis pela realização de uma festa em casa de eventos no Araçagi e interditou o local.

Na fiscalização, foram verificadas a obediência aos protocolos sanitários, como os de distanciamento entre mesas, lotação, limite de ocupação de pessoas por mesa, fornecimento de sacos para depósito das máscaras, entre outras medidas estabelecidas para contenção à disseminação da Covid-19 no estado, instituídas nas portarias n° 42 e 43 da Casa Civil.

“É uma ação contínua de orientação tanto para os fornecedores quanto consumidores e a gente tem percebido sim o efeito nessa terceira semana, que foi a diminuição das infrações registradas nas primeiras semanas de fiscalização”, informou o diretor de Fiscalização do Procon, Carlos Eduardo Garcia.

Com os resultados positivos, a fiscalização, que já acompanhou o retorno e manutenção de atividades de diversos segmentos desde o início da pandemia, será permanente segundo o diretor.

“Percebemos esse efeito positivo dessas ações, que vão continuar não só no segmento de conveniências, mas também nos bares e restaurantes exatamente para que a gente possa garantir e orientar esses consumidores e fornecedores e assegurar a segurança de todos”, completou Garcia.

Autuações

Na ação desse sábado (26), dois bares da Avenida Litorânea foram autuados pelo Procon e Vigilância Sanitária por apresentarem irregularidades e terão dez dias para apresentar defesa. Foram detectadas ausência da medição de temperatura e das demarcações para filas, o não fornecimento do coletor de resíduos, do saco para depósito das máscaras dos consumidores, mesas ocupadas por mais de quatro pessoas, além de molhos servidos em frascos e não em sachês individualmente embalados foram algumas das infrações registradas nos estabelecimentos fiscalizados.

Já na Estrada do Araçagi, uma casa de eventos foi interditada pelo descumprimento da proibição de funcionamento de casas de show, conforme estabelece o Decreto Estadual n° 3583/2020, além de outras infrações.

Operação Lei Seca

Em paralelo à fiscalização dos estabelecimentos, o Detran e o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPRV) realizaram ações educativas e coercitivas em barreira montada para a Operação Lei Seca.

Na blitz da Lei Seca, na Avenida dos Holandeses, de acordo com o relatório da Divisão de Estatísticas do Detran, foram abordados 108 veículos e realizados 95 testes do etilômetro. Houve 13 recusas e 2 autos lavrados a condutores que dirigiam sob a influência de álcool.

Carregando