Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Experimente viver de forma significativa

O período da pandemia nos ensinou a importância de fortalecermos nossos vínculos, do quanto nossos laços de união são importantes

Foto: Reprodução

Somos dotados de muitas habilidades e dons: alguns que recebemos quando nascemos e outros que adquirimos durante a vida. Às vezes, em alguns instantes enfraquecemos, nos cercamos em percepções destrutivas de quem somos, o que queremos, e nos aprisionamos em um universo de medo, dúvidas e incertezas.

Outras vezes, necessitamos nos apoiar em algo ou alguém para seguir confiante na jornada da vida. Precisamos de alguém ao nosso lado para relembrar quem somos, para nos fortalecer e fortalecermos nossos vínculos.

O período da pandemia nos ensinou a importância de fortalecermos nossos vínculos; nos ensinou o quanto nossos laços de união são importantes; a relembrarmos o sabor da socialização e de nos importarmos uns com os outros de forma mais humana.

A dinâmica da vida pode-se definir como conjugar o verbo na 1ª, 2ª e 3ª pessoas; cuidarmos de nossas necessidades, nosso eu (1ª pessoa), nossas demandas básicas e necessárias de sobrevivência. Cuidarmos do outro (2ª pessoa), da necessidade do outro, dos vínculos afetivos; nos relacionarmos com o externo. E por estarmos em uma boa sintonia conosco e com o outro, conseguiremos nos relacionar com o todo, o nós (3ª pessoa), nossa cidade, cultura, família, nação, país, coletividade.

O universo está em nós. Basta perceber o que acontece quando você se sente seguro e confiante…tudo a sua volta se abre, todas as possibilidades se tornam fáceis de serem percebidas; parece que tudo se torna simples e perceptível. A sincronicidade da vida acontece no seu plano de visão, e é só neste pequeno instante ou grande instante, dependendo da sua entrega, que você sentirá a plenitude da vida.

Patrícia Rabêlo Bogéa de Matos
Fisioterapeuta
Esp. Microfisioterapia, Leitura Biológica, Terapia Manual, Terapia Crânio Sacral e Psych-k

Carregando