Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

12 novas viaturas reforçam o efetivo do Corpo de Bombeiros no Maranhão

As picapes contam com tecnologia e estrutura adequada para intervenções rápidas e mecanizadas.

12 novas viaturas reforçam o efetivo do Corpo de Bombeiros no Maranhão (Foto: Handson Chagas)

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) foi reforçado com 12 novas viaturas. A entrega foi realizada na manhã desta quinta-feira (24), na área externa do Palácio dos Leões, Centro, com presença do secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Jefferson Portela, e do comandante geral do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo. Na ocasião, o governador Flávio Dino anunciou mais benefícios em equipamentos que serão destinados à corporação.

As viaturas reforçarão o trabalho do CBMMA na prevenção e controle das ocorrências de queimadas, incêndios florestais e caça ilegal de animais. As picapes contam com tecnologia e estrutura adequada para intervenções rápidas e mecanizadas, além de possuírem tanque motorizado com capacidade para 500 litros de água. Nesse momento, as novas viaturas serão direcionadas ao Parque de Mirador para as operações de combate às queimadas e da caça ilegal de animais na área. O trabalho terá apoio de equipes da Polícia Militar.

“O Governo do Estado tem preparado o Corpo de Bombeiros com equipamentos importantes para evitar tragédias – tanto as naturais, quanto as provocadas criminosamente. As viaturas contam com sistema de combate ao fogo com tanque traseiro motorizado que permite o acionamento imediato em qualquer ponto de incêndio, a partir do próprio veículo. Essa facilidade otimiza a atuação do bombeiro”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Jefferson Portela.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto de Araújo, enfatizou o investimento do Governo do Estado no aparelhamento da instituição e na garantia das condições adequadas para o trabalho dos bombeiros.

“Nosso país enfrenta uma intensa variação climática, historicamente de maiores número de focos de queimadas. O Maranhão sai na frente com ações de prevenção, campanhas educativas e o trabalho direto no controle dos casos. O resultado é que, no mês de setembro, enquanto em todo o país os casos aumentaram, tivemos uma redução destas ocorrências”, enumera o comandante do CBMMA.

Carregando