Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sampaio se impõe no Mineirão e vence o Cruzeiro por 2×1 pela Série B

Com a vitória, a Bolívia subiu para a 15ª colocação na tabela com 14 pontos ganhos e saiu da zona de rebaixamento.

Sampaio se impôs no Mineirão e venceu o Cruzeiro por 2×1 (Foto: Pedro Vale/Foto FC)

O Sampaio Corrêa se impôs no Mineirão, jogou melhor durante a maior parte dos 90 minutos e venceu o Cruzeiro por 2×1, em partida disputada na noite desta quinta-feira, pela 14ª rodada da Série B.

A vitória boliviana começou a ser construída com gol de Roney, aos 12 minutos do primeiro tempo. A Raposa empatou aos 39, mas a Bolívia Querida voltou a marcar com Caio Dantas, na etapa final, e conquistou os três pontos, que tiraram o Sampaio da zona de rebaixamento.

Agora, o Tricolor de São Pantaleão é 15º colocado na tabela de classificação com 14 pontos ganhos.

O Jogo

O Cruzeiro tentou exercer pressão no início da partida, mas tudo que conseguiu produzir foi ocupação territorial, sem levar perigo à defesa boliviana.

O Sampaio, quando chegou, já levou sufoco à meta cruzeirense. André Luís acertou uma cabeçada venenosa, mas Fábio salvou em cima da linha. Foi por pouco.

Aos 12 minutos não teve perdão. Luís Gustavo rolou para Roney, que chutou cruzado e abriu o placar para o Sampaio Corrêa.

Os donos da casa tentaram responder na sequência, mas o chute saiu pela linha de fundo. Com a guarda aberta, o Cruzeiro abria espaços para o contra-ataque do Sampaio, e Pimentinha partiu em direção à grande área, mas errou o passe que poderia resultar no segundo gol.

Sem conseguir penetrar na defesa Tricolor, o Cruzeiro se utilizava da bola parada para tentar levar perigo, e foi assim que chegou ao empate, na reta final do primeiro tempo, em cabeçada que encobriu o goleiro Gustavo.

O Cruzeiro iniciou o segundo tempo tentando se impor, mas esbarrava na forte marcação do Sampaio, que voltou a ficar na frente do placar aos 13 minutos. Pimentinha puxou o contra-ataque e serviu Caio Dantas, o atacante Tricolor bateu com estilo, rasteiro, no canto, e fez 2×1.

Em desvantagem, os donos da casa partiram pra cima, e o Tricolor aguardava o momento certo para espetar. Em jogada de velocidade, Diego Tavares puxou o contra-golpe, mas foi desarmado. Na sequência, o Cruzeiro quase empata, só que Luís Gustavo salvou a pátria.

O Cruzeiro utilizou o restante do tempo para levantar bolas na área em busca da igualdade, mas a defensiva Tricolor se manteve sólida até o fim e garantiu a vitória no Mineirão.

No próximo domingo, o Sampaio Corrêa volta a campo, pela 15ª rodada da Série B, para enfrentar o Botafogo/SP, às 18h, no Castelão.

Ficha Tricolor

Gustavo, Luís Gustavo, Daniel Felipe, Joécio e João Victor; André Luís, Vinícius Kiss e Marcinho (Eloir); Roney (Diego Tavares), Pimentinha (Robson Duarte) e Caio Dantas (Jackson).

Carregando