Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Presa mulher que atropelou e matou garoto há dez anos na Praia de Panaquatira

Além do menino, mais seis pessoas foram atropeladas no dia do acidente

Samanta Martins Yoshihiro foi presa ontem, na Unidade 105, da Cidade Operária (Foto: Divulgação)

Foi presa, em cumprimento a mandado de prisão definitiva, Samanta Martins da Silva Yoshihiro, responsável pela morte de uma criança de três anos, ocorrida em setembro de 2010, na Praia de Panaquatira, em São José de Ribamar. O mandado foi cumprido por equipes da Delegacia Especial e da Guarda Municipal, daquela cidade, na manhã dessa quinta-feira (8).

Carlos Daniel Rodrigues, de três anos, estava com a família na praia quando foi atropelado por um carro, modelo Meriva, conduzido pela mulher que fazia manobras perigosas na faixa de areia. Além do menino, que morreu um dia depois do acidente, outras seis pessoas foram atingidas; entre elas a irmã dele, que sofreu um traumatismo craniano.

No dia do atropelamento, Samanta ainda tentou fugir, mas foi perseguida e presa. Ao ser realizado o teste do bafômetro, ficou comprovado o consumo de álcool. Na ocasião, ela pagou fiança e foi liberada.

CONDENADA A MAIS DE DEZ ANOS

Em abril de 2016, quase três anos depois, a motorista foi condenada a dez anos e seis meses de reclusão por homicídio, e por lesão corporal grave de outras duas pessoas, mas pôde recorrer da sentença em liberdade.

Ontem, a condenada, de 40 anos, foi capturada na Unidade 105, no bairro da Cidade Operária, em São Luís. Após os procedimentos de praxe, ela foi encaminhada ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Além do menino, mais seis pessoas foram atropeladas por Samanta Martins da Silva Yoshihiro.

Carregando