Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão bate recorde em produção de grãos em 2020, de acordo com Imesc

Este resultado positivo é destaque na Nota de Produção Agrícola, referente ao 4º bimestre de 2020

Foto: Reprodução

Dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) apontam 2020 como o quarto ano seguido de recorde na safra maranhense, estimada em 5,4 milhões de toneladas, um crescimento de 9,2% se comparada à safra de 2019. Este resultado positivo é destaque na Nota de Produção Agrícola, referente ao 4º bimestre de 2020, publicada nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE).

O levantamento apresenta dados sobre a produção da soja, arroz e milho, os principais grãos que compõem a safra maranhense. A soja, principal grão produzido no estado, deverá atingir 3,1 milhões de toneladas este ano, de acordo com o levantamento, um crescimento de 7,6% em relação à safra anterior. De acordo com a publicação, isso se deve, entre outros fatores, ao expressivo aumento do rendimento médio da lavoura, que deverá crescer em 3,2 mil kg por hectare.

Em relação ao milho, sua primeira safra deverá crescer 24,2% em relação ao ano passado, devido ao aumento de 16,7% na área plantada no estado. Essa produção alcançou um patamar de 2 milhões de toneladas, o que representa uma variação de 13,2% em relação à safra de 2019. As maiores quantidades devem ser produzidas nos municípios de Balsas, Tasso Fragoso, São Raimundo das Mangabeiras, Carolina e Riachão, que, juntos, representam cerca de 62% da produção total do estado.

Já a produção de arroz deverá ser de 159 mil toneladas em 2020, 2 mil a mais que no ano passado. As maiores quantidades produzidas deverão ser nos municípios de São Mateus do Maranhão, Grajaú e Arari. A quantidade colhida de caroço de algodão deverá apresentar crescimento de 3,8%, em relação à safra passada, totalizando cerca de 66 mil toneladas.

Confira a nota na íntegra, clicando no link: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/producao-agricola/386

Carregando