Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Iniciada a obra de construção de um muro de contenção, com 65 metros, na sede do Corpo de Bombeiros

Relatório apontou rupturas e deslizamentos ocasionados pelas chuvas.

Equipe da AGEM durante vistoria técnica ao CBMMA (Foto: Divulgação)

Foi iniciada, nessa sexta-feira (16), a obra de construção de um muro de contenção, com 65 metros, na sede do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), localizada na Avenida dos Portugueses, próxima à Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Os serviços serão realizados pela Agência Executiva Metropolitana (AGEM).

A obra atende a uma demanda feita pelo próprio Corpo de Bombeiros, quando foram detectadas rupturas em áreas do terreno em que está localizada a sede do CBMMA. “Os técnicos da corporação realizaram, então, uma vistoria, que comprovou o problema”, revela o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Essa vistoria gerou um relatório técnico. O documento foi encaminhado ao Governo do Estado, que delegou a demanda à Agência Executiva Metropolitana. A AGEM, então, realizou uma visita técnica ao CBMMA, quando comprovou as rupturas e deslizamentos ocasionados pelas chuvas. “Constatou-se, então, a necessidade da construção do muro”, revela Lívio Corrêa.

Paliativos

Pelo fato de a sede do Corpo de Bombeiros estar localizada em uma área inclinada, os riscos de deslizamentos eram naturais e, com as chuvas, foram ocasionando as rupturas detectadas na vistoria técnica. Para evitar maiores transtornos foi feito um serviço de revitalização de canaletas para águas pluviais e colocação de lonas plásticas para proteção dos pontos de ruptura, mas a ação não surtiu o efeito necessário.

“Com a construção do muro, o objetivo, que é evitar novas rupturas e deslizamentos, será alcançado”, finaliza Lívio Corrêa. 

O prazo para execução da obra é de três (03) meses.

Carregando