Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

O poder da gratidão

Gratidão pode ser definida como o reconhecimento de elemento de valor em sua vida que merece esse reconhecimento

Foto: Reprodução

Ser grato a tudo é um ato de coragem, um estado de graça, é ver milagre em tudo que vive. O coração ao ampliar a frequência, sai dos modelos operantes da reclamação da mente pré-programada e começa a ver leveza na vida.

Quantas vezes nos percebemos reclamando e sugando a nossa energia vital e a do outro que está ao nosso lado?

Gratidão se tornou uma fala até banalizada, um protocolo social. A gratidão é simultaneamente uma emoção, um sentimento, uma certa consciência racional e também um comportamento, uma forma de agir.

Gratidão pode ser definida como o reconhecimento de elemento de valor em sua vida que merece esse reconhecimento.

Os três tipos de gratidão:

Gratidão automática: é utilizada sem experienciar, é aquela que falamos da boca para fora. É vazia.

Gratidão passiva: utilizada em momentos pontuais e intensos ou em momentos eventuais. É quando você recebe um presente inesperado de uma pessoa querida, no início de um relacionamento, uma aprovação entre outros. Ao sentir a gratidão você sentirá uma emoção afetiva, você ficará feliz, radiante, eufórico, você também desenvolve metas, planeja coisas a partir daquele momento esses são aspectos cognitivo consciente.

Gratidão ativa: parte de uma escolha. É você escolher e adotar uma postura para reconhecer o valor das coisas e das relações que fazem parte da sua vida.

Infelizmente somos engolidos na nossa rotina e não paramos para sermos gratos e agraciarmos nossa vida, saborear o instante presente.

A gratidão nos traz o sentimento de tranquilidade. Pratique!

Patrícia Rabêlo Bogéa de Matos
Fisioterapeuta
Esp. Microfisioterapia, Leitura Biológica, Terapia Manual, Terapia Crânio Sacral e Psych-k

Carregando