Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Suspeito de assassinar taxista em Viana morre em confronto com a polícia

Hitanael possuía uma longa ficha criminal, inclusive já sendo investigado pelos crimes de tráfico de drogas, roubos e outros homicídios.

Hitanael Souza tinha um mandado de prisão pela morte do taxista Ilmar Santana (Foto: Divulgação)

Na manhã de ontem (24), um homem suspeito de assassinar o taxista Ilmar Santana Bastos, ocorrido no último dia 4 de fevereiro, na cidade de Viana, morreu em confronto com policiais militares e civis. Hitanael Correia Souza, que tinha 24 anos, era membro da facção criminosa Bonde dos 40, de acordo com a polícia. Ele foi localizado no povoado Cupu, zona rural de Viana.

De acordo com informações do tenente-coronel Márcio Silva, comandante do 36° BPM, o suspeito reagiu à abordagem dos policiais que tentavam cumprir o mandado de prisão preventiva em seu desfavor.

Segundo a Polícia Civil, as investigações apontaram a participação dele na morte do taxista, com ajuda de outra segunda pessoa, que segue foragida e não teve o nome divulgado.

Hitanael, conforme a polícia, possui uma longa ficha criminal, inclusive já sendo investigado pelos crimes de tráfico de drogas, roubos e outros homicídios. Durante a ação, foram encontradas duas armas de fogo (um revólver calibre 32 e uma pistola 380 municiada, idêntica à que foi usada no crime), além de munições.

Na ocasião, um comparsa do suspeito foi preso em flagrante com uma motocicleta com registro de roubo e por posse de arma de fogo.

Carregando