Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Estudos apontam como ficará o turismo no Brasil após pandemia

A FGV Projetos estima que o Brasil levará pelo menos um ano para se recuperar

Foto: Reprodução

O Brasil é um país turístico extremamente visitado por pessoas de todos os cantos, tanto pelos brasileiros, quanto por estrangeiros. A procura por passagens aéreas para as praias do norte e nordeste brasileiro foram as mais afetadas desde o início da quarentena, prejudicando muitas cidades e pessoas que vivem exclusivamente do turismo.

Afinal, como ficará o turismo no Brasil após a pandemia? A FGV Projetos estima que o Brasil levará pelo menos um ano para se recuperar totalmente na atividade turística. Continue lendo nosso blog e saiba mais sobre o turismo no Brasil pós pandemia.

Setor de avião é o que mais sofre na pandemia

A procura por passagem aérea está cada vez mais escassa, afinal, a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é para ficar em casa. Em consequência disto, muitos países fecharam seus aeroportos e fronteiras como por exemplo, Eslováquia, Finlândia e até mesmo a Argentina.

O cancelamento das passagens aéreas foram acontecendo de uma hora para outra e deixando muitas companhias preocupadas com as ações tomadas por conta do novo coronavírus.

Por mais atrativos que estejam os preços das passagens aéreas promocionais em sites como 123 milhas, o crescente número de contaminados pelo coronavírus assustam os brasileiros e também entidades governamentais de outros países, afinal, o contágio é rápido e imperceptível.

Setor de avião é o que mais sofre na pandemia

O mercado de viagens e turismo foram os ramos mais afetados na pandemia, de acordo com dados do Pew Research Center, atualmente, 93% da população mundial vivem em países que adotaram algum tipo de medida de restrição.

Lembrando que o turismo e as agências responsáveis pela passagem aérea promocional que tanto amamos são empresas geradores de empregos, sendo assim, muitas famílias estão sendo afetadas por essa crise.

De acordo com o estudo, os ganhos em 2021 com o turismo devem alcançar a marca de R$ 259,4 bilhões — 4,2% inferior ao patamar de 2019. A perda total do setor turístico brasileiro será de R$ 116,7 bilhões no biênio 2020-2021.

Para o setor de turismo e o preço de passagem de avião acompanharem o crescimento, será necessário que o setor obtenha em média 16,95% ao ano em 2022 e em 2023, com PIB (Produto Interno Bruto) de respectivamente R$ 303 bilhões e R$ 355 bilhões.

Os estudos apontam que o Brasil irá se restabelecer no meio do ano de 2021 se a quarentena for encerrada no mês de Junho, ou seja, caso seja prolongada, os estudos sobre o turismo no país serão outros.

Carregando