Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Parceria vai garantir economia de R$ 240 mil anuais ao Hospital Aldenora Bello

Segundo Antônio Dino, quase 90% dos pacientes da casa são provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS)

Foto: Reprodução

A Defensoria Pública (DPE/MA), por meio do Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon), e a Equatorial Energia Maranhão formalizaram termo de parceria que resultará em benefícios para o Hospital do Câncer Aldenora Bello. Dentre eles, estão trocas de lâmpadas, de freezers, de condicionadores de ar, e a instalação de uma miniusina, que possibilitará a redução de 15% nos custos da unidade, incidindo numa economia de mais de R$ 240 mil anuais, nos próximos 25 anos, que é o tempo de vida útil deste aparelho.

A parceria foi firmada por meio de termo de parceria assinado pelo defensor-geral do Estado, Alberto Pessoa Bastos, pelo defensor público titular do Nudecon, Luís Otávio Moraes Filho, pelo presidente da Equatorial Maranhão, Augusto Miranda Júnior, pelo gerente jurídico da Equatorial, David Leal, e por Antônio Dino Tavares, que é vice-presidente da Fundação Antônio Dino, entidade que gere a unidade de saúde especializada.

Durante o encontro, Alberto Bastos fez questão de enfatizar a parceria produtiva que tem a Equatorial. “Mais uma vez atuamos como agente de transformação social. Entendemos que esse investimento de R$ 870 mil em equipamentos impactará significativamente nas contas de luz da instituição, e reverterá em proveito dos pacientes. A partir dessa economia, a instituição investirá mais em equipamentos e até mesmo em aumentar a sua capacidade de atendimento”, afirmou o defensor-geral.

Pela parceria firmada, cabe à DPE/MA a indicação de instituições beneficentes, de reconhecida relevância social, para que sejam contempladas com projetos de eficiência energética a serem desenvolvidos pela Equatorial Maranhão, propiciando assim redução significativa dos custos de energia em cada uma das instituições indicadas.

“Vamos substituir equipamentos que consomem muita energia por equipamentos mais eficientes, além de implantar uma usina fotovoltaica. Essa usina vai gerar energia através do sol, reduzindo a conta de energia, permitindo que esse recurso seja utilizado na compra de equipamentos, remédios, passagem da mão de obra para poder tratar essas pessoas tão carentes que necessitam desse belo trabalho do hospital Aldenora Bello”, destacou Augusto Miranda.

A parceria já rendeu outros frutos. Anteriormente, já foram contempladas pela parceria instituições como o Asilo de Mendicidade, Casa do Sonho de Criança/Lar Irmã Mônica (Grupo Solidariedade é Vida) e o Lar de José.

“A parceria celebrada com a Equatorial exemplifica a consciência social da empresa, assim como demonstra a importância das articulações administrativas da Defensoria, pois ao mesmo tempo que traz melhorias aos consumidores, pode gerar grandes ganhos sociais em outras áreas. E, neste caso, este trabalho conjunto está beneficiando milhares de pessoas, sobretudo em situação de vulnerabilidade’’, enfatizou o defensor público Luis Otávio.

Segundo Antônio Dino, quase 90% dos pacientes da casa são provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS). “Esse convênio vai nos contemplar equipamentos que vão impactar diretamente na eficiência energética do hospital, diminuindo o nosso consumo de energia. Nos sentimos honrados pela indicação e só podemos agradecer à Defensoria por ter intermediado essa parceria, o que refletirá em muitos benefícios para pacientes com câncer em todo o estado”, disse o gestor.

O hospital realiza mais de 50.000 atendimentos mensais. Possui 175 leitos, divididos em enfermarias clínicas e cirúrgicas, pediatria, apartamentos, UTI e serviço de pronto atendimento. Conta com centenas de funcionários, muitos deles atuando diretamente na assistência ao paciente oncológico.

Carregando