Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

3.325 mil empregos foram gerados no Maranhão em fevereiro, diz Novo Caged

No total, no Nordeste, foram registrados 40.864 mil postos de trabalho no mesmo período.

Criação de empregos no estado foi superior à média do Nordeste (Foto: Divulgação)

Um saldo de 3.325 mil empregos gerados no mês de fevereiro de 2021 – uma variação relativa de 0,66%, superior à média do Nordeste, que ficou em 0,64%. Estes são alguns dos dados apontados sobre o Maranhão pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados nessa terça-feira (30) pelo Ministério da Economia.

No total, no Nordeste, foram registrados 40.864 mil postos de trabalho em fevereiro de 2021. No acumulado do ano, o Maranhão registrou 2.976 postos de trabalho entre janeiro e fevereiro de 2021, com variação relativa de 0,59%.

“Criar mecanismos buscando ativar a economia, como o programa Trabalho Jovem; dialogar com a classe empresarial e ouvir segmentos diversos proporcionam ações estratégicas que nos permite buscar formas de colocar o Maranhão no caminho certo. Este saldo positivo confirma o êxito do trabalho do Governo do Maranhão. E é desta forma que agiremos para que a geração de empregos e a garantia de direitos seja cada vez mais prioritário”, analisa o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo.

No levantamento do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda é apontado que, no Maranhão, foram registrados 208.528 acordos entre abril e dezembro de 2020.

Mais

Segundo o Novo Caged, o emprego celetista no Brasil registrou crescimento em fevereiro de 2021, com saldo de 401.639 postos de trabalho – uma variação de 1,01% em relação ao estoque do mês anterior. No acumulado do ano, foram 659.780 empregos.

Em fevereiro deste ano, os dados registraram saldo positivo em: Serviços (+173.547 postos), Indústria geral (+93.621 postos); Construção (+43.469 postos); e Agricultura (+23.055 postos).

Carregando