Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ação do Corpo de Bombeiros retira uma tonelada de lixo em praias de São José de Ribamar

A ação prossegue e vai se estender a demais praias das cidades que compõem a Região Metropolitana. 

Corpo de Bombeiros coleta lixo em praias (Foto: Divulgação)

Uma tonelada de lixo foi retirada da orla marítima em São José de Ribamar, durante ação do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA). O trabalho integra prática da formação de cadetes dos bombeiros, como parte da disciplina Direitos Humanos. A coleta foi realizada no trecho entre as praias Caúra e Panaquatira. A grande parte dos resíduos recolhidos são lixo plástico. A ação prossegue e vai se estender a demais praias das cidades que compõem a Região Metropolitana.

O comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo, acompanhou a atividade. “Ficamos muito satisfeitos com o comprometimento dos cadetes e vimos nessa iniciativa um forma de reforçar a prática das ações e ainda contribuir com o meio ambiente. Foi um momento muito proveitoso. Escolhemos uma área onde havia muito resíduo plástico acumulado e conseguimos retirar quase uma tonelada de plásticos recicláveis”, pontuou.

O comandante Célio Roberto de Araújo explica que o objetivo da aula prática foi despertar, nos futuros oficiais bombeiros, o desejo de preservar o meio ambiente com gestos simples e que estão ao alcance de todos. “O trabalho também alerta a população em geral, para que todos contribuam para uma cidade mais limpa, protejam nosso meio ambiente e garantam que as gerações futuras possam usufruir dele”, reforça.

O Corpo de Bombeiros tem conexão direta com a preservação ambiental, que vai além do combate aos incêndios florestais, enfatiza Célio Roberto de Araújo. “Atuamos quase todos os dias na captura de animais silvestres e em diversas ações pró-ambientais. Considero a preservação do meio ambiente um direito fundamental e imprescindível para o equilíbrio da vida no planeta”, disse.

Um total de 48 bombeiros, entre cadetes e oficiais do CBMMA participaram da atividade, como parte da disciplina de Direitos Humanos, do 1° ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO).

Carregando