Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Sociedade maranhense lamenta o falecimento da culinarista Ana Lula

Ana é mãe do ex-secretário de saúde de São Luís, Lula Fylho, e deixa outros dois filhos, Luana Lula e Carlos Venâncio (Cacau).

Ana Lula faleceu neste domingo, em São Luís, por complicações da Covid-19 (Foto: Divulgação)

Ana Lula, conhecida como Juja, considerada uma das maiores culinaristas do Maranhão, faleceu nesse domingo, em São Luís. Ela estava internada desde a última sexta-feira, com quadro grave  da Covid-19.

Ana é mãe do ex-secretário de saúde de São Luís, Lula Fylho, e deixa outros dois filhos, Luana Lula e Carlos Venâncio (Cacau).

Muitas personalidades da sociedade maranhense, dos mais variados setores, se manifestaram para lamentar o falecimento de Ana Lula, que se ressignificou quando criou seu atelier culinário, ‘Casa de Juja’, no Vinhais, após comandar, por muitos anos, o bar e restaurante Antigamente, na Praia Grande.

“Na galeria do turismo maranhense, Ana Lula tem seu nome gravado por defender o Centro Histórico com paixão, com garra, com seu Antigamente, muitas vezes arriscando a própria vida. Muita tristeza receber a notícia de sua partida”, publicou o diretor do Ceprama, Carlos Martins.

O deputado federal licenciado e atualmente secretário de Articulação Política do Maranhão, Rubens Júnior, também se manifestou pelo Twitter: “Soube agora há pouco do falecimento de Ana Lula, nossa querida Juja, mestra da rica gastronomia maranhense. São tempos difíceis e de perdas dolorosas. Meus sentimentos à família e amigos. Que Deus a acolha em sua infinita misericórdia”.

“Lamento profundamente a partida de Ana Lula, fiel defensora da nossa cultura e da culinária maranhense. Meus sinceros sentimentos a Lula Fylho, familiares e amigos. Nos despedimos prematuramente do seu sabor, amor e alegria. Deus a tenha e conforte cada coração”, postou o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula.

“Muito triste com a notícia do falecimento de Ana Lula, a querida Juja. Uma referência da culinária maranhense, uma pessoa sempre alegre e apaixonada pelo que fazia. Descanse em paz ! Receba meu abraço Lula Fylho, que Deus possa confortá-los”, escreveu a jornalista Wal Oliveira.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, destacou a importância de Ana Lula para a culinária maranhense: “Com muito pesar, lamento o falecimento de Ana Lula, uma das maiores culinaristas do Maranhão, que tão bem nos oferecia as iguarias da Casa da Juja, em SãoLuís. Solidarizo-me à família, na pessoa do Lula Fylho, desejando que Deus conforte a todos neste momento difícil”.

A Secretaria de Estado do Turismo emitiu nota pelo falecimento da culinarista:

NOTA DE PESAR

Ana Lula, uma mulher de vários predicados fortes. Culinarista, empreendedora, visionária, guerreira, inovadora… Sempre buscou divulgar o Maranhão através dos sabores da gastronomia maranhense.

Fica a referência de uma pessoa que amava o Centro Histórico e todas as belezas nele existentes. Tem-se agora lembranças dos aromas afetivos produzidos com muito amor e carinho na Casa de Juja.

Que Deus conforte os familiares.

Carregando