Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Alpinistas morrem no Monte Everest

O tempo ruim impede a recuperação dos corpos para repatriação

Foto: Reprodução

Dois alpinistas morreram em um acidente no Monte Everest, anunciaram os organizadores da expedição nesta quinta-feira (13).

O suíço Abdul Waraich, 41, chegou ao topo do Everest (8.848,86 m), mas morreu de exaustão na descida. Os organizadores disseram que enviaram dois sherpas, como são chamados os nepalenses que ajudam alpinistas no Himalaia, com água e comida, mas eles não conseguiram salvá-lo.

Já o montanhista americano Puwei Liu, 55, não conseguiu alcançar o topo. Ele sofreu de exaustão e de cegueira da neve, uma queimadura da córnea causada pela luz do sol, que reflete quase totalmente na neve.

Os sherpas conseguiram levá-lo até um acampamento, mas ele não resistiu e morreu na noite de quarta-feira (12).

O tempo ruim impede a recuperação dos corpos para repatriação, afirmou Thaneshwor Guragain, um dos organizadores.

Carregando