Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Acusados de homicídio serão julgados em Lago da Pedra

Acusados assassinaram um homem a tiros e tentaram matar uma mulher, que conseguiu sobreviver.

(Foto: Ilustração)

O Poder Judiciário de Lago da Pedra, por meio da 1ª Vara, vai realizar sessão do Tribunal do Júri no próximo dia 8 de junho. No banco dos réus, Washington Clarindo Pinto e Antônio Luz da Conceição, acusados de homicídio e tentativa de homicídio. Os crimes foram praticados contra Edivanilson de Sousa Mota e Ana Clara Castro dos Santos, em 9 de março de 2020, no “lixão”‘, localidade da zona rural do Município de Lago da Pedra.

A denúncia do caso aponta que os denunciados, na companhia de uma quarta pessoa não identificada, assassinaram Edivanilson de Sousa Mota e tentaram matar Ana Clara. De acordo com o inquérito, os réus, armados com duas armas de fogo, um revólver calibre .38 e 32, desferiram disparos contra a vítima, que morreu no local.

Em seguida, os acusados dispararam três vezes contra a outra vítima, Ana Clara dos Santos, que conseguiu sobreviver.

A denúncia descreveu, ainda, que o crime aconteceu pelo fato de a vítima Edivanilson de Sousa Mota, conhecido como “Devorete”, ser apontado como o autor do furto de uma motocicleta Honda Pop, cor preta, de propriedade do acusado Antônio Luz da Conceição. A defesa de Cleuton dos Santos Lima sustentou que não ficou comprovada a sua participação na empreitada criminosa.

MATERIALIDADE E INDÍCIOS DE AUTORIA

“Mesmo sendo uma espécie de decisão na qual não há necessidade do juiz proceder à análise aprofundada das provas, faz-se necessário que exista provas da materialidade do crime e indícios suficientes de autoria ou de participação, nos termos do artigo 413 do Código de Processo Penal (…) A materialidade dos crimes contra a vida ficou devidamente comprovada através do laudo de exame cadavérico e o laudo de corpo de delito, além dos depoimentos colhidos nos autos”, destaca a Justiça na pronúncia.

Relata, ainda, que ficaram suficientemente comprovados os indícios de autoria do delito em relação aos acusados Washington Clarindo Pinto, Antônio Luz da Conceição e Cleuton dos Santos, que tiveram o processo separado dos outros dois acusados. A sessão será presidida pelo juiz titular Marcelo Santana, às 08h30, no Salão do Júri do Fórum de Lago da Pedra.

Carregando