Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Alcântara vacina pessoas com 18 anos e deve ser a primeira do país a atingir 100%

O município de Alcântara, deve ser a primeira cidade brasileira a imunizar 100% de sua população com a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Arraial da Vacinação no Shopping Pátio Norte. (Foto:Handson Chagas)

O município de Alcântara, no litoral ocidental maranhense, deve ser a primeira cidade brasileira a imunizar 100% de sua população com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A boa notícia foi divulgada pelo governador Flávio Dino e ganhou destaque em jornais de circulação nacional, após a cidade ultrapassar, na semana passada, a marca de 60% de pessoas adultas que receberam a dose inicial do imunizante contra o novo coronavírus.

Em entrevista à coluna da jornalista Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo, Dino garantiu que “em uma semana atingiremos a marca de 100%” de vacinados com a D1 em Alcântara.

Um fator determinante para o ritmo acelerado da campanha vacinal em Alcântara foi a entrega de milhares de doses de vacinas destinadas às comunidades quilombolas da região, população que ocupa a maior parte do território alcantarense e era considerada prioritária no Programa Nacional de Imunização (PNI).

Mas a vacinação em todo o Maranhão tem avançado nos últimos dias. De acordo com dados do Consórcio de Veículos de Imprensa, disponibilizados em ranking elaborado pela Folha, o Estado já aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid em 1,6 milhão de pessoas, o que corresponde a 33,8% da população adulta que mora no Maranhão.

Arraial da Vacinação

Soma-se a esse bom resultado o efeito multiplicador do ‘Arraial da Vacinação’, ação promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretaria de Estado da Cultura (Secma).

Já foram realizadas duas edições do evento, que combina festa junina e mutirão de imunização em um shopping na cidade de Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís, e uma edição no último sábado (12) no município de Timon.

Em 10 horas de evento em Timon, foram mais de 6.000 doses aplicadas. As vacinas são aplicadas por meio do sistema drive-thru, para evitar contaminações, e quem recebe a dose da vacina se diverte – à distância – com atrações culturais do São João maranhense, e ainda ganha “doses” de mingau de milho, típico das festas juninas.

Nas redes sociais, Flávio Dino confirmou que mais edições do ‘Arraial da Vacinação’ serão realizadas até o final do mês de junho, dessa vez beneficiando outras regiões do Maranhão e um dos bairros mais populosos da capital São Luís.

“Ainda nesta semana, vamos realizar Arraial da Vacinação na região da Cidade Olímpica. E em várias cidades. Até o Dia de São Marçal, 30 de junho, os Arraiais vão continuar, ajudando a agilizar a imunização da população”, anunciou Flávio Dino.

Carregando