Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

1ª CIA Independente da Vila Luizão, em São Luís, aumenta em 1.500% apreensão de armas

De acordo com os dados levantados, somente em junho deste ano, a unidade tirou de circulação 37 armas de fogo e simulacros.

Major Edhyelem Santos, comandante da 1ª CIA Independente da Vila Luizão (Foto: Nilson Figueiredo)

Com o reforço em ações preventivas e ostensivas, aliadas a um trabalho de inteligência policial, a 1ª Companhia Independente da Vila Luizão conseguiu aumentar em 1.500% o número de armas apreendidas nos seis primeiros meses deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com os dados levantados, somente em junho deste ano, a unidade tirou de circulação 37 armas de fogo e simulacros, contra sete apreendidas no ano passado, um aumento de 428%. O saldo positivo apresentado pela companhia foi verificado também na apreensão de veículos que saltou de 78 em 2020, para 114 este ano. Um salto de 46%.

Se for considerado apenas o mês de junho deste ano em comparação com o ano anterior, houve queda de 75% nos homicídios, que passaram de oito este ano para dois em 2020.

O policiamento é organizado através de informações que são repassadas pelo CPM aos CPAMs, e assim as operações são desencadeadas. O resultado faz parte de uma série de ações focadas principalmente a partir de um trabalho de inteligência da companhia, que mapeia as áreas mais problemáticas, para, a partir daí, distribuir o contingente policial.

Entre as ações realizadas pela unidade para combater a criminalidade, estão as operações Tornado, Saturação e Fecha Quartel, que consistem em barreiras policiais em pontos estratégicos e nas áreas com maior incidência de criminalidade, no qual são realizadas abordagens a pedestres, motoristas e motociclistas em busca de armas de fogo, entorpecentes entre outros.

De acordo com a comandante da unidade, major Edhyelem Santos, os resultados positivos são consequência também de ações integradas com outros órgãos de segurança pública. “Foi um desafio estar no comando da unidade, nesses nove meses em que tivemos que receber o policiamento de várias áreas unificar e conseguir esses números que estão sendo positivos. Mas esse resultado é também produto do trabalho integrado da companhia não só com a Polícia Civil, como também o programa Pacto pela Paz, além das ações em conjunto com as prefeituras das áreas que atuamos”, ressaltou.

Ainda segundo a comandante, a integração com outros órgãos segue uma determinação do comandante da PMMA, coronel Pedro Ribeiro, conforme orientação do secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela. Atualmente, a 1ª CIA Independente da Vila Luizão atende a cerca de 78 bairros, entre eles Turu, Vicente Fialho, Araçagi e Chácara Brasil.

Carregando