Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Esgotos estourados e buracos causam transtornos em bairro de São Luís

Os problemas já existiriam desde o mês passado, segundo pessoas ouvidas pelo Jornal Pequeno.

Danos na estrutura da galeria de águas pluviais leva perigo para quem trafega pelo Jardim Renascença 2 (Foto: Gilson Ferreira)

Dois esgotos estourados, um na Rua Rouxinóis, outro na Rua Patativas, no Jardim Renascença 2, estão causando transtornos aos moradores e para as pessoas que precisam trafegar pela região. Na Rouxinóis, ainda há um buraco sinalizado por galhos, e danos estruturais em uma galeria de águas pluviais.

Os problemas já existiriam desde o mês passado, segundo pessoas ouvidas pelo Jornal Pequeno. O esgoto na Rua Patativas fica próximo a uma praça pública do bairro, utilizada pelos moradores, também, para atividades físicas.

“Eu e minha família sempre costumamos caminhar pela manhã aqui na praça, e é notório o mau cheiro do esgoto, sem contar que é feio ter próximo de uma praça tão legal, quanto esta, um ‘buraco’ jorrando água suja”, contou o contador Matias, que mora em uma rua próxima à Patativas.

Na Rua Rouxinóis, outro esgoto, um buraco, e danos na estrutura metálica de uma galeria de águas pluviais. Na última situação, parte da cobertura da galeria está interditada por rede de proteção, seria o gradeado dela que estaria solto.

Para um morador do bairro, que não quis ter seu nome divulgado, mas disse ser engenheiro, a solução para o caso da galeria é fácil. “Isto aqui é a coisa mais simples. Basta colocar uma folha soldada por cima do canal da galeria, que o gradeado dela não sairá mais do local. Estou pensando em colocar uma placa mostrando como é que deve ser feito”, frisou o morador.

OUTRO LADO

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que uma equipe seria enviada ainda na tarde de ontem, aos locais citados na reportagem para averiguar a situação e tomar as medidas necessárias. A empresa reforçou a necessidade de evitar o descarte de resíduos na rede coletora de esgoto, principais causadores dos extravasamentos.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) informou que já realizou o levantamento das demandas existentes no local mostrado na reportagem, e que estão sendo produzidas as lajes em concreto para substituição dos trilhos da galeria de águas pluviais. A Semosp também irá recuperar os demais pontos nas vias do entorno, a fim de reestabelecer o fluxo na área.

Carregando