Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Travesti é morta a tiros na cidade de Açailândia

Vítima trabalhava como garota de programa e foi vista pela última vez no local que costumava ficar aguardando clientes.

“Dani” foi morta com cerca de cinco tiros (Foto: Divulgação)

Uma travesti, conhecida como Dani, de 27 anos, foi morta a tiros, na madrugada de ontem (9), na cidade de Açailândia. O corpo dela foi encontrado, pela manhã, em uma das ruas do Residencial Leolar.

Danillo Domingos Cardoso de Sousa, nome de registro da vítima, trabalhava, conforme a polícia, como garota de programa e foi vista pela última vez, na noite de quinta-feira (8), no local que costumava ficar aguardando clientes.

De acordo com informações do delegado Saniel Trovão, titular do 1º DP do município, responsável pela apuração do caso, ainda não é possível dizer se o crime possui relações com o trabalho da vítima. O delegado explicou que, até o momento, a autoria do homicídio ainda não foi definida.

Algumas hipóteses sobre o que teria motivado o crime estão sendo investigadas pela polícia.

Carregando