Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Em noite de arbitragem confusa, Sampaio perde para o Coritiba no Castelão

Partida foi válida pela 12ª rodada do Brasileirão da Série B.

Jean Silva em lance da partida contra o Coritiba no Castelão (Foto: John Tavares)

Em noite de arbitragem polêmica no Castelão, o Sampaio Corrêa perdeu o duelo para o Coritiba por 3×2, pela 12ª rodada da Série B.

Os visitantes abriram 2×0 no primeiro tempo, em lances de bola parada. Ferreira ainda chegou a diminuir e a Bolívia foi para o vestiário com o prejuízo menor.

Na etapa final, o Sampaio voltou disposto a empatar o confronto, e apertou o adversário no campo defensivo. No entanto, em uma jogada de contra-ataque, uma falta fora da área se transformou em pênalti, convertido pelo time curitibano.

Jefinho chegou a marcar o segundo da Bolívia, após marcação de pênalti, mas não havia mais tempo para buscar a igualdade.

Com o resultado, o Sampaio saiu do G4 e ficou na quinta colocação com 19 pontos, mas, dependendo dos outros resultados da rodada, pode perdes até mais três posições.

O JOGO   

O Sampaio tomou a iniciativa do confronto, e ameaçou a defesa do Coritiba em duas oportunidades. Na primeira vez, Pimentinha disparou para fora, e na sequência Ciel cabeceou por cima do travessão.

O adversário conseguiu uma falta na meia-lua, aos 11 minutos, e abriu o placar com uma batida forte, rasteira.

A Bolívia tentou colocar a bola no chão e se ajustar em campo, mas o Coritiba assustou com três escanteios seguidos.

O Sampaio atacava pelo lado esquerdo com Pimentinha, que conseguia levar vantagem na maioria das jogadas contra a defesa visitante, no entanto, sem chegar à igualdade.

Jean Silva recebeu cruzamento de Pimentinha e cabeceou perigosamente rente à trave. Em nova jogada de bola parada, o Coritiba aumento com um gol contra.

Sem se entregar, o Sampaio avançou as linhas e tramou pela esquerda com Pimentinha e Ciel, que ajeitou para Ferreira diminuir no Castelão, no fim do primeiro tempo.

Com as linhas avançadas, o Sampaio voltou para a etapa final ocupando o campo de ataque. O Coritiba escapou em contra-ataque e a arbitragem arranjou um pênalti em uma falta fora da área. Lance que aumentou a vantagem do time visitante.

Por reclamação, após a marcação da penalidade, Luís Gustavo foi expulso, mas o árbitro repensou a decisão e anulou o cartão vermelho.

A equipe Tricolor tentou esquecer as confusões da arbitragem e se concentrar na partida. Ciel foi derrubado dentro da área, e o bandeira marcou impedimento em lance que teve o atacante boliviano em posição legal.

No fim do jogo, Roney na grande área, e, desta vez, o pênalti foi marcado. Jefinho cobrou e diminuiu. Mas o Coritiba nem chegou a dar nova saída e a partida chegou ao fim.

O próximo adversário do Sampaio Corrêa será o Guarani, na terça-feira, em duelo no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Ficha Tricolor

Mota, Luís Gustavo (Watson), Paulo Sérgio, Nilson Jr e Zé Mário; Pablo (Romarinho), Ferreira e Nadson (Jefinho); Jean Silva (Roney), Pimentinha e Ciel (Gui Campana).

Carregando