Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Maranhão é o 10º estado brasileiro com maior número de beneficiados pelo Auxílio Emergencial

O valor total transferido ao Estado foi de R$ 11,6 bilhões, o que representou 11,8% do PIB maranhense de 2018.

Maranhão é o 10º estado brasileiro com maior número de beneficiados pelo Auxílio Emergencial (Foto: Divulgação)

O Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos, lançou nessa terça-feira (27) a 7ª edição do Boletim Social, desta vez com o tema “Auxílios Emergenciais, desigualdade de renda e pobreza durante a pandemia”. A publicação destaca o Maranhão como o 10º estado a apresentar maior número de pessoas recebendo auxílio, um total de 2.411.508 beneficiados, no período de abril de 2020 a janeiro de 2021.

O presidente do Imesc, Dionatan Carvalho, ressalta que aproximadamente 60 milhões de brasileiros foram beneficiados pelo Auxílio Emergencial, o que equivale a aproximadamente 28% da população do país.

“O valor total transferido ao Maranhão foi de R$ 11,6 bilhões, o que representou 11,8% do PIB maranhense de 2018. Das pessoas beneficiadas no estado, em média, 55,2% (equivalente a 1,3 milhão de pessoas) já eram assistidas pelo Programa Bolsa Família”, acrescenta.

Em 2021, o Governo do Maranhão iniciou uma série de modalidades de auxílios emergenciais estaduais, a exemplo do auxílio para catadores, auxílio para bares e restaurantes, auxílios para o setor artístico, para os guias de turismo, para o setor de transportes, para o setor de eventos, para agências de viagens, programa vale-gás, dentre muitas outras iniciativas.

Carregando