Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ponte Central-Bequimão vai interligar 13 cidades da baixada maranhense

As equipes, atualmente, se concentram no içamento de vigas metálicas sobre os blocos em água.

Finalização do içamento das vigas metálicas nos blocos em água na obra da Ponte Central Bequimão (Foto: Divulgação)

Considerada pelo Governo do Maranhão com uma das obras mais expressivas atualmente no Estado, a Ponte Central-Bequimão vai interligar 13 municípios da baixada maranhense.

Atualmente, a frente de trabalho se concentra no içamento de vigas metálicas sobre os blocos em água. “Um trabalho complexo e minucioso que tem exigido atenção da equipe de engenharia”, frisou a gestão estadual.

Com 589 metros de comprimento, a obra da Ponte Central-Bequimão também já teve as lajes lançadas para construção do estrutura, como afirmou o secretário de Infraestrutura do Maranhão, Cleyton Noleto: “Lajes lançadas para construção do tabuleiro (superestrutura) da ponte Central/Bequimão. Mais uma etapa sendo executada. Estamos nos aproximando da conclusão de uma obra histórica para o Maranhão – um dos maiores desafios de nossa engenharia em todos os tempos”, ressaltou.

De acordo com a gestão estadual, são mais de 100 trabalhadores tocando a obra, que conta com o suporte da Plataforma Cabrea para agilizar o lançamento das vigas metálicas sobre os blocos de concreto.

Após a soldagem dos segmentos das vigas, ainda em solo, a plataforma Cábrea iça as vigas solteiras, que são compostas por três segmentos, para posicionar sobre a estrutura da ponte. A plataforma pesa cerca de 300 toneladas e já está posicionada sob o leito para começar a içar as vigas e lançar sobre as outras de apoio nos blocos de concreto.

Carregando