Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Funcionários da Caema são presos por suspeita de fraude ao sistema

Dupla teria causado um prejuízo de mais de R$ 500.000,00 mil para a companhia, ao negociar dívidas diretamente com clientes.

Funcionários da Caema foram presos por suspeita de fraude ao sistema da companhia (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil do Maranhão realizou, nos dias 20 e 21 de setembro, mandados de busca e apreensão e prisões preventivas contra dois funcionários da CAEMA, suspeitos de envolvimento em fraudes na companhia. A dupla teria causado um prejuízo de mais de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para a Companhia de Água e Esgoto. Uma prisão foi efetuada em São Luís e a outra no município de Itapecuru-Mirim, distante 122 km da capital.

De acordo com a polícia, os funcionários acessavam o sistema da companhia de forma fraudulenta, no intuito de verificar os clientes que possuíam débito. De posse das informações, eles entravam em contato como se fosse do setor de cobranças para ofertar valores abaixo do real, para realizar a quitação das pendências.

O Departamento de Crimes Tecnológicos iniciou investigações e análise dos rastros deixados pela conduta criminosa da dupla, e, assim, foi possível a identificação dos autores.

A polícia informou que as investigações terão prosseguimento, a fim de identificar o possível envolvimento de mais funcionários no esquema criminoso.

Após os procedimentos de praxe (cumprimento do mandado e interrogatórios) os presos foram encaminhados ao Sistema Penitenciário, e os objetos apreendidos serão analisados, com o intuito de aprofundar as investigações.

Carregando