Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Saiba como sacar o dinheiro extra das cotas do PIS/Pasep

No caso de herdeiros de trabalhadores falecidos, é necessário levar a certidão de óbito do titular

Foto: Reprodução

Aproximadamente R$ 22 bilhões aguardam o saque, na Caixa Econômica, pelos trabalhadores que atuaram com carteira assinada em algum momento entre os anos de 1971 e 1988. Este grupo tem direito às chamadas “cotas do PIS/Pasep”. Os valores devidos também podem ser sacados por herdeiros.

O saldo está disponível tanto para quem trabalhou em empresas privadas quanto para quem exerceu atividade na esfera pública (municipal, estadual ou federal). Quem possui algum valor a ser resgatado tem até o dia 31 de maio de 2025 para mexer no dinheiro ou então ele será devolvido aos cofres da União de forma definitiva.

Como sacar as cotas do PIS/Pasep?

Recentemente, as cotas do PIS/Pasep foram extintas e seus recursos destinados ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Sendo assim, para resgatar os valores, é necessário apresentar um documento oficial com foto em qualquer uma das agências da Caixa Econômica Federal.

No caso de herdeiros de trabalhadores falecidos, é necessário levar a certidão de óbito do titular, além do comprovante do vínculo de dependência. É importante frisar que as cotas são diferentes do abono salarial, que é repassado todos os anos aos trabalhadores que atuaram com carteira assinada nos 12 meses anteriores.

Para saber se há cotas disponíveis, basta o cidadão acessar o aplicativo Caixa Trabalhador e consultar o seu saldo.

Carregando