Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Mestre Biduca celebrará 50 anos de blocos tradicionais neste sábado

A celebração será durante o 13º Encontro de Cantores de Blocos Tradicionais, no Diamante.

Bloco Vinagreira Show desfila há 30 anos no carnaval de passarela de São Luís. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – O presidente do Bloco Vinagreira Show, Ronaldo Rabelo da Silva, o Mestre Biduca, celebrará neste sábado (20) – data que coincide com o dia Nacional da Consciência Negra – durante o 13º Encontro de Cantores de Blocos Tradicionais, o seu cinquentenário como músico, compositor e dirigente de bloco tradicional.

O evento iniciará às 19h, na Travessa do Dirceu, em frente ao antigo Centro de Artes Japiaçu, no Diamante, em São Luís. Nesses 50 anos de trabalho, arte e diversão, Mestre Biduca esteve 19 anos integrando o Bloco ‘Os Tremendões’; um ano no Bloco ‘Os Versáteis’ e há 30 anos integra o Bloco Tradicional ‘Vinagreira Show’, sendo atual presidente da agremiação carnavalesca.

VINAGREIRA SHOW

O Vinagreira Show foi fundado devido a uma promessa feita por Mestre Biduca à Santa Goreth. Caso o Bloco Tradicional ‘Os Tremendões’ fosse campeão naquele ano, Biduca e amigos iriam transformar uma simples roda de samba em bloco tradicional. ‘Os Tremendões’ foram campeões naquele ano e Biduca cumpriu a promessa. Fundou em 15 de março de 1991, o Vinagreira Show, em sua primeira sede, na Camboa, em São Luís.

Deste então, Mestre Biduca e um grupo de amigos da roda de samba e dezenas de novos componentes botam o bloco na rua há 30 anos, sendo campeões de muitos carnavais. Hoje, a sede do bloco fica no Diamante. O 13º Encontro de Cantores de Blocos Tradicionais fará homenagem em seu tema e com uma super batucada, reunindo dez grupos de blocos tradicionais, a dois cantores e compositores: ‘Roberto Ricci e Dimanel (in memorian), uma Estrela Brilhante no Céu Para o Diamante’. Dimanel cantou e compôs no Vinagreira Show.

Os grupos são: ‘Reis da Liberdade’, ‘Vinagreira Show’, ‘Os Guerreiros’, ‘Fanáticos do Ritmo’, ‘Indomáveis Show’, ‘Os Tradicionais do Ritmo’, ‘Dragões da Liberdade’, ‘Os Trapalhões’, ‘Apae’ e ‘Os Baratas’.

Carregando