Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Professora e pesquisadora Zafira da Silva de Almeida morre aos 54 anos

O corpo foi velado na Central de Velórios da Pax União, em São Luís.

Zafira da Silva de Almeida morreu aos 54 anos (Foto: Reprodução)

A professora e pesquisadora maranhense Zafira da Silva de Almeida morreu aos 54 anos, vítima de câncer, em São Luís.

Natural de Imperatriz, Zafira foi fundadora e diretora do Curso de Ciências Biológicas do Cecen e coordenou o curso de Especialização em Educação Ambiental, na UEMA. Destacou-se no ramo da pesquisa acadêmica no Maranhão. Foi graduada em Ciências Biológicas pela UEMA, Mestre em Oceanografia pela Universidade Federal de Pernambuco e Doutora em Zoologia pela Universidade Federal do Pará/Museu Emilio Goeldi.

O corpo foi velado na Central de Velórios da Pax União, em São Luís, e o enterro ocorreu nesse domingo (12), no Memorial Pax União, em Paço do Lumiar.

A Universidade Estadual do Maranhão emitiu nota de pesar

A Professora Zafira exerceu a docência com plenitude, de modo abnegado e integral. Dedicou-se com paixão e entusiasmo a tudo que realizou como mulher, educadora e pesquisadora. Inspirou colegas e estudantes, ensinou e aprendeu, viveu com intensidade o mundo da ciência e da natureza. Autora de intensa produção científica, contribuiu exemplarmente para a consolidação acadêmica da Universidade Estadual do Maranhão. Exemplo de amor à vida, de alegria, de companheirismo, de entrega e de compromisso com a profissão, deixa um legado singular para todos que tiveram o privilégio de conhecê-la e uma lacuna impreenchível na nossa universidade. A UEMA solidariza-se com Claudio, seus filhos, familiares e amigos, na certeza de que o exemplo virtuoso de Zafira haverá de lhes trazer paz e conforto.

Carregando