Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

São Luís: polícia prende suspeito de matar adolescente na Vila Embratel

A vítima seria companheira dele, e foi a óbito na UPA do Itaqui-Bacanga, na manhã dessa quarta-feira, 19.

Suspeito de matar a adolescente foi preso algumas horas após o crime (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Um indivíduo de 23 anos foi preso por suspeita de matar uma adolescente de 13 anos, no bairro da Vila Embratel. A vítima seria companheira dele, e foi a óbito na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, na manhã dessa quarta-feira, 19.

De acordo com a polícia, o suspeito já possui ficha criminal, e usava tornozeleira eletrônica no momento da prisão. Ao perceber a presença policial, o indivíduo ainda tentou fugir, pulando por vários muros da vizinhança, mas foi capturado.

O suspeito foi conduzido e apresentado na Secretaria de Homicídio e Proteção à Pessoa, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

O CRIME

A adolescente identificada pelas iniciais M. C. C. F., de 13 anos, morreu nessa quarta-feira (19), no Residencial Piancó, localizado na região da Vila Embratel, em São Luís.

A vítima, segundo a polícia, chegou a dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga, mas não resistiu. A suspeita principal é de que ela tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória. Porém, por meio das redes sociais, algumas pessoas que conheciam a adolescente disseram que ela teria sido agredida até a morte pelo companheiro.

Segundo o delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), ainda não foi possível definir a causa da morte, porque o corpo da adolescente apresentava algumas lesões, o que pode caracterizar que ela tenha sofrido algum tipo de violência.

“Quem irá dizer, realmente, o que aconteceu será o laudo do Instituto Médico Legal”, explicou o delegado.

Carregando