Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Goleiro do Moto se diz preparado para possível disputa de pênaltis na final

Apesar de preferir definição nos 90 minutos, goleiro do Papão do Norte confia em seu retrospecto positivo em caso de penalidades na decisão deste sábado (12), diante do Sampaio Corrêa

(Foto: Hiago Ferreira/Moto Club)

SÃO LUÍS – Moto Club e Sampaio Corrêa se enfrentam neste sábado (12), às 18h, no Castelão, pela final do primeiro turno do Campeonato Maranhense. A decisão será em jogo único, e em caso de empate nos 90 minutos, o título será decidido nos pênaltis.

É aí então que pode brilhar a estrela de João Paulo. O goleiro do Papão do Norte já defendeu oito cobranças em 24 partidas com a camisa rubro-negra, sendo dois somente nesta temporada. O último deles foi na vitória por 3 a 2 diante da Chapecoense, que ajudou o time motense a se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil.

Mesmo carregando um histórico favorável, João Paulo prefere que o confronto se resolva ainda no tempo normal com resultado positivo para o Moto Club, porém, o experiente goleiro de 33 anos e 1,88m se mostra confiante caso seja necessária a definição nas penalidades.

“Estou sempre treinando para qualquer situação que aconteça nos jogos. O goleiro tem que estar pronto para tudo, principalmente cobrança de pênalti. Deus vem me abençoando e estou sendo feliz diante dos batedores ultimamente. Espero que continue assim. No sábado gostaria que a gente conseguisse a vitória e o título nos 90 minutos, mas caso contrário, estou preparado para ajudar a equipe numa eventual disputa de pênaltis”, assegura o jogador.

Além da taça, o vencedor do Superclássico decisivo já garante um lugar na finalíssima do Estadual.

Carregando