Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Grávida é mantida sob cárcere privado por ex-namorado

Vítima afirmou que foi trancada depois de uma briga por mensagens no celular e ficou sem comida.

Grávida era mantida sob cárcere, em Colorado (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma mulher grávida foi mantida sob cárcere privado pelo ex-namorado, em Coloraado, norte do Paraná. A mãe do indivíduo também é suspeita de participar do crime.

“Sentimento de horror”, frisou a vítima, após passar momentos angustiantes.

A gestante informou à polícia que foi presa pelo ex-namorado depois de uma discussão. Ela teria visto mensagens dele com outra mulher no celular, e resolveu ir embora, mas o homem a prendeu dentro de casa.

“Foi uma cena de filme de terror mesmo. É Deus, é meu filho que eu carrego na barriga, é o meu amor próprio, isso aí que me encorajou”, disse a mulher, que relatou ter ficado sem comida e passou dois dias bebendo água.

A mulher ainda afirmou que sofreu agressões físicas e psicológicas, além de abusos sexuais. A mãe do suspeito teria sido conivente com tudo.

“Ele trancou o portão, ele amarrou um monte de negócio, de fio no portão, aí ele me jogou um balde de água, tacou um fio de carregador nas minhas pernas. Aí por um momento ele me trancou dentro do quarto junto com ele e falou agora somos só nós dois. Depois de algumas horas ele abriu a porta do quarto, tipo assim, eu podia andar ali pela casa, sabe? Se eu quisesse ir no banheiro e tudo, mas eu não podia sair dali, entendeu? Não tinha comida, não tinha nada para comer”, contou.

O ex-namorado e a mãe dele foram presos pelos crimes de lesão corporal e cárcere privado. De acordo com a Polícia Civil, também são investigados os crimes de tortura e estupro.

A grávida foi levada para o hospital, onde passou por exame de lesão corporal que comprovaram as agressões, segundo a polícia.

Carregando