Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

PM suspeito de matar jovem em Caxias se apresenta no quartel do Pará

Ele estava foragido desde o domingo (13), quando teve o mandado de prisão expedido pela Justiça.

Soldado João é apontado como autor dos tiros que atingiram Esmeralda e mataram o filho dela, João Neto (Foto: Divulgação)

O policial militar do Estado do Pará, soldado João Emerson Moura, suspeito de assassinar José Lima Pinto Neto, de 25 anos, em uma festa, na cidade de Caxias, na madrugada de sábado (12), se apresentou no Comando da Corporação da PM de Xinguará-PA, onde é lotado.

Segundo o delegado Jair de Paiva Lima, titular da Delegacia de Homicídios de Caxias, contra o militar havia um mandado de prisão preventiva expedido desde a manhã de domingo (13).

O soldado, que é natural de Caxias e estava de férias no município, teria atirado e matado o jovem, além de balear a mãe dele, Esmeralda Moura. Ela foi atingida na região do abdômen e permanece internada em estado grave.

“A princípio será indiciado por homicídio qualificado, sendo por motivo fútil uma delas. E também a tentativa de homicídio da mãe do José Neto”, pontuou o delegado.

O soldado deverá ser recambiado para o Maranhão, onde será interrogado. A polícia segue investigando o que motivou o homicídio.

A mulher de José Neto, que também estava na festa, já foi ouvida, mas até o momento não foi possível apontar as circunstâncias do crime.

Carregando