Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Judiciário de Olho D’Água das Cunhãs realizará leilão de terreno

O leilão acontecerá no dia 13 de junho, às 11h

(Foto: Divulgação)

A Vara Única de Olho D’Água das Cunhãs realizará, no dia 13 de junho, às 11h, leilão eletrônico para venda de terreno com área total de 617², localizado na Rua Gonçalves Dias, 180, Centro, pelo valor do maior lance, que não poderá ser inferior ao da avaliação do imóvel, de R$ 53.162,16.

Se o imóvel não alcançar lance nesse valor, será realizado o segundo leilão, no dia 20 de junho de 2022, às 11h, pelo valor do maior lance, que não poderá ser inferior a 50% do valor da avaliação, de R$ 26.581,08.

O leilão será realizado pelo endereço eletrônico www.hastavip.com.br (leilão 49129) pelo leiloeiro oficial do Poder Judiciário, Vicente de Paulo Albuquerque Costa Filho (011 3093-5251, e-mail: [email protected]). Mais informações sobre o leilão podem ser obtidas pelo telefone: (11) 3093-5251 no site: www.hastavip.com.br ou no local do leilão.

O juiz Caio Davi Medeiros Veras, titular da Vara Única da Comarca de Olho D’Água das Cunhãs, publicou o Edital com as condições gerais de arrematação do leilão, que resultou de processo de execução extrajudicial do Banco do Nordeste contra a parte M. C. M. F.

CADASTRAMENTO DE INTERESSADOS

Conforme o edital, os interessados em participar devem fazer o cadastramento prévio no site do leiloeiro https://www.hastavip.com.br/leilao/2236-130620-11/lote/529896 e enviar os documentos necessário ao e-mail: [email protected], contendo, cópia do CPF ou CNH, cópia de comprovante de Endereço com CEP com data atualizada a partir do mês e ano corrente; no caso de cônjuge, enviar juntamente certidão de casamento, CPF e RG do mesmo, termo de conhecimento e aceite de condições de participação virtual assinado.

O arrematante deverá pagar ao leiloeiro, no ato da arrematação, a comissão de 5% sobre o valor do bem arrematado. As custas judiciais devidas, deverão ser pagas no ato de expedição da Carta de Arrematação/Mandado de Entrega do Bem. Para os bens imóveis, o preço da arrematação deverá pagar o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis – ITBI, além dos impostos das Fazendas Municipal, Estadual e Federal que recaírem sobre o imóvel.

Confira mais informações sobre o leilão no Edital:

Carregando