Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Trânsito em via de concreto no Araçagi é liberado

A via faz parte do sistema BRT, que está sendo implantado na região.

A obra de implantação do BRT é a maior obra de mobilidade urbana do Maranhão (Foto: Divulgação)

O governo do Estado do Maranhão, através da Agência de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) permitiu o trânsito de veículos leves e pesados em cerca de 1.300 metros de via concretada da MA-203, obra do BRT, no Bairro do Araçagi, no sentido Olho D’Água/Araçagi.

A via faz parte do sistema BRT, que está sendo implantado na região, e foi liberada com o objetivo de dar mais fluidez ao trânsito na área. Na próxima semana, a via sentido Araçagi /Olho D’Água também será liberada para tráfego.

A primeira etapa da obra do BRT, na Rodovia Estadual MA-203, vai até a altura da UPA do Araçagi e vai contemplar duas vias de concreto, que consiste em base de camada de brita graduada simples (BSG), com 10 centímetros de espessura, 10 centímetros de concreto compactado a rolo (CCR) e ainda 23 centímetros de camada de concreto que finaliza o pavimento.

Vias laterais

As fortes chuvas que estão caindo em São Luís prejudicaram a trafegabilidade das vias laterais, que compreendem o trecho da obra do BRT no Araçagi. Para recuperar a fluidez do trânsito no local, a MOB vem desenvolvendo a recuperação dessas vias com brita tratada com cimento, a fim de extinguir os buracos e devolver o fluxo normal de veículos no local.

“O Governo do Estado, através da MOB, está trabalhando diuturnamente para amenizar os impactos para a população maranhense que trafega por essa região. Com a liberação das vias de concreto já efetivamos a funcionalidade da obra e iremos diminuir os impactos que uma obra dessa magnitude momentaneamente traz”, pontuou Lawrence Melo, presidente da MOB.

BRT

A obra de implantação do Ônibus de Trânsito Rápido (BRT) é a maior de mobilidade urbana do Maranhão que vai inaugurar um novo modelo de transporte público no Estado. Com investimento de 140 milhões de reais, ela compreende o prolongamento da Avenida Litorânea em 1.800 metros, requalificação da Avenida São Carlos e ainda a Avenida Litorânea, existente até a altura do parquinho e parte da Avenida Colares Moreira, no lote 01, e a requalificação da Avenida dos Holandeses e a Rua Búzios, referente ao lote 02.

Com a implantação do corredor exclusivo de ônibus rápido, a população que utilizará o transporte público vai diminuir o tempo de viagem em até 40 minutos para se deslocar dos municípios que compõem a Grande Ilha (Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar) até o Centro de São Luís. O projeto conta ainda com estações de embarque e desembarque, ciclovias e passeios acessíveis.

Carregando