Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Polícia Civil ainda aguarda laudos da mulher achada morta em carro para prosseguir com as investigações

Maria Gorete Lima dos Santos, de 59 anos, foi encontrada sem vida dentro de um carro no povoado Mocajituba, na cidade de Paço do Lumiar.

Maria Gorete foi achada morta dentro do veículo e seu marido, José de Ribamar, estava do lado de fora (Foto: Divulgação)

Há quase três meses, Maria Gorete Lima dos Santos, de 59 anos, foi encontrada sem vida dentro de um carro no povoado Mocajituba, na cidade de Paço do Lumiar. As investigações sobre o caso seguem paradas na Polícia Civil, que aguarda o resultado dos laudos do Instituto de Criminalística (Icrim) e do Instituto Médico Legal (IML) para saber a causa da morte.

Na ocasião, o marido dela também foi achado jogado no chão em estado de choque. Ele relatou aos policiais que o casal ingeriu uma substância após serem obrigados por um grupo de homens na estrada.

Segundo a delegada Viviane Fontinelle, chefe do Departamento de Feminicídio de São Luís, da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), responsável pela apuração do caso, não tem como dar continuidade às investigações sem os laudos. “Por lei, nós temos um prazo de 30 dias para concluir a investigação; no entanto, eu não consigo porque eu dependo de outros órgãos”, pontuou.

Viviane explicou que não há como afirmar se houve um crime, já que não há a materialidade. Em razão disso é de fundamental importância que se tenham os resultados dos exames.

Na época do crime, a delegada optou por não revelar as linhas de investigações que estavam sendo tomadas pela polícia para não atrapalhar.

A equipe do Jornal Pequeno entrou em contato com superintendente da Polícia Técnica e Científica (SPTC), Miguel Alves Neto, para entender o motivo da demora nas liberações dos laudos e o prazo para a entrega dos mesmos. De acordo com ele, os exames de local, cadavérico e laboratorial em diversas amostras biológicas já foram realizados. “Foi concluída toda a fase laboratorial pelo Instituto Laboratorial de Análises Forenses (ILAF);  que, por sua vez, encaminhou os resultados das análises ao IML e ao Icrim, para conclusão dos seus trabalhos”, disse.

O superintendente ressaltou, ainda, acreditar que até esta semana o conjunto de exames e laudos estejam todos concluídos e devidamente encaminhados às autoridades solicitantes.

RELEMBRE O CASO

O casal foi encontrado pela Polícia Militar após denúncias de que havia um veículo abandonado em Mocajituba, na cidade de Paço do Lumiar, na noite do dia 29 de outubro do ano passado. Ao chegar no local, os policiais encontraram Maria Gorete Lima dos Santos morta dentro de um carro e José de Ribamar Rubim dos Santos, marido dela, em estado de choque,  jogado no chão perto do veículo.

Cinco homens teriam abordado os dois na estrada da Maioba e obrigado ambos a ingerir um líquido desconhecido, segundo foi informado por José de Ribamar. Ele disse, ainda, que foi amarrado pelo grupo.

O corpo de Maria Gorete foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames que esclareçam a causa da morte, enquanto José foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e depois encaminhado ao Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II). Na ocasião, os policiais recolheram objetos pessoais e encaminharam o veículo em que as vítimas estavam para serem periciados.

Carregando