Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Dr. Gutemberg alerta para o risco do novo coronavírus em São Luís

Parlamentar alerta para a necessidade da manutenção, permanente, do protocolo para o controle das endemias.

Dr. Gutemberg explica que existem sete tipos de coronavírus (Foto: Paulo Caruá)

Após a confirmação de nove casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil, inclusive um deles no Ceará, o médico, professor da Universidade Federal do Maranhão, e vereador de São Luís, Dr. Gutemberg Araújo, alerta para a necessidade da manutenção, permanente, do protocolo para o controle das endemias no: Porto do Itaqui, Terminais da Ponta da Espera, Cujupe, Cais de Ribamar, aeroporto de São Luís e rodoviárias.

“Devido aos nove casos suspeitos em seis Estados, o Brasil passa para uma classificação de perigo iminente. Além da Emapa, a Anvisa, e as secretarias estadual e municipal, a Marinha do Brasil e a Polícia Federal devem estar preparadas porque tem uma função primordial na prevenção deste vírus”, destaca

Dr. Gutemberg explica que existem sete tipos de coronavírus, que pertencem a uma família de vírus responsável por desencadear desde resfriados comuns a síndromes respiratórias graves, tais como: a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers). A sintomatologia pode variar de sintomas da gripe até pneumonia complicada.

Para ele, também, é importante identificar o que é um caso suspeito. “Atenção redobrada para as pessoas que tenham febre, dificuldade para respirar, e que nos últimos 14 dias antes dos sintomas, tenham histórico de viagem à China. Ou pessoas que, nos últimos 14 dias, antes do início dos sintomas, tenham tido contato com um caso suspeito. Em qualquer uma dessas situações, procure um serviço médico”, disse.

O novo coronavírus pode ocasionar a morte, através de insuficiência respiratória. “Coronavírus pode ser transmitidos pelo ar, por meio de tosse ou espirro, através de toque ou aperto de mão. Por isso, atenção aos cuidados de higiene pessoal, como lavar as mãos com água e sabão. E volto a falar que nossas autoridades devem buscar novas iniciativas para orientar à população, inclusive em escolas e locais estratégicos de chegada e saída do nosso Estado”, afirma.

Os casos suspeitos de coronavírus no Brasil foram registrados em: Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Paraná e Ceará. Todos estão sendo monitorados. Na China, onde o coronavírus se espalhou já foram contabilizadas mais de 100 mortes e ultrapassa de cinco mil o número de infectados.

Carregando