Fechar
Buscar no Site
O ÓRGÃO DAS MULTIDÕES

Ônibus podem deixar de circular em São Luís na sexta-feira

A contraproposta dos empresários foi considerada insuficiente pelo STTREMA.

Foi determinada a manutenção de 80% da frota de ônibus em caso de greve (Foto: Divulgação)

São Luís deve amanhecer sem transporte público na próxima sexta-feira, 14, de acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (STTREMA), Isaías Castelo Branco, que fez o anúncio por meio das redes sociais.

O motivo da paralisação dos ônibus se deve à reivindicação dos trabalhadores de 15% de reajuste salarial, ticket alimentação de 700 reais, manutenção do plano de saúde, permanência dos cobradores em atividade e aumento de 400 reais para os motoristas que atuam sem cobradores nos coletivos (exercendo as duas funções).

A contraproposta dos empresário foi considerada insuficiente: reajuste de apenas 2,5%, fim do plano de saúde e apenas 200 reais de ticket alimentação.

De acordo com o STTREMA, foi dado um prazo de 72 horas para os donos de empresa apresentarem uma nova proposta, mas, até o momento, nenhum tipo de contato foi feito entre o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e o Sindicato dos Rodoviários.

Isaías Castelo Branco afirmou que seguirá aguardando, mas já faz o alerta à população: “Queremos deixar os usuários cientes que, sem o acordo, infelizmente, o transporte do serviço público de São Luís vai parar. Pedimos desculpas pelos transtornos, mas, desde já, contamos com a compreensão de todos”, declarou.

Carregando